18 de dez de 2010


CINE SINGULAR – O curta do dia

Ninguém Suporta a Glória   

Sinopse
 Homenagem de jovens cineastas à eterna diva Darlene Glória, uma das musas do cinema brasileiro dos anos 70. Presente em vários filmes da década, como o aclamado Terra em Transe, Darlene protagonizou uma das obras mais aplaudidas de nossa história cinematográfica: Toda Nudez Será Castigada, filme de Arnaldo Jabor baseado na obra de Nelson Rodrigues. Darlene, no entanto, abandonou sua carreira no auge da fama.
  Gênero: Experimental
 Diretores: Adriano Lírio e Luzius Rueedi
 Elenco: Darlene Glória, Diego Gabrig, Felipe Rio, João Carlos Pereira, Julio Lobato e Rebeca Neumann
 Ano: 2004
 Local de Produção: RJ
 Ficha Técnica
 Co-produção: Riovideo Roteiro Adriano Lírio e Luzius Rueedi
 Direção de Arte: Renato Ferro
 Edição de som: Alan Vieira Câmera e Thiago Galvão
Direção de produção: Tais Quadros
 Make up: João Velasques e Eddy Fernandes
 Produção Executiva: Adriano Lírio, Luzius Rueedi e Tais Quadros
 Pesquisa: Adriano Lírio e Luzius Rueedi
 Direção de Fotografia:  Fábio Regaleira
 Montagem:  Adriano Lírio
 Trilha Sonora:  Rui Paiva Cabelo, João Velasques  e Eddy Fernandes
Produção: Set Vanessa Rabello   
  Prêmios
 Finalista no Grande Prêmio TAM do Cinema Brasileiro 2005   
  Festivais
 Curta Cinema 2004
Festival de Vitória 2004
Festival de Cinema de Ribeirão Preto 2005



17 de dez de 2010

Documento fotográfico sobre
o povo e a vida no Afeganistão

Acaba de ser lançado no mercado o livro Viagem ao Afeganistão que é um registro fotográfico do artista plástico e fotógrafo Arthur Omar que viajou para o país a pedido dos curadores da 25ªb Bienal de São Paulo, em 2002, um ano após a invasão do EUA, para procurar pedaços dos budas gigantes, explodidos pelo regime talibã, um ano antes. Não encontrou nada.
Porém, Omar trouxe 7 mil fotos de pessoas, costumes e paisagens afegãs. Mais de 600 estão no recém-lançado Viagem ao Afeganistão
Vejam algumas delas:


NATAL - Comercial antigo


É azar demais, ou além do chute o coice. O bandeirinha levou uma bolada na cabeça...até aí, algo normal, pois tudo pode acontecer numa partida de futebol. Só que o cidadão caiu, levando a mão à cabeça, e involuntariamente arrancou a peruca...
Os melhores do You Tube de 2010

O YouTube publicou, nesta semana, uma lista com os dez vídeos que mais tiveram acessos em 2010. O ranking é mundial. O meu escolhido é This Too Shall Pass OK Go. O  vídeo oficial da  banda norte-americana OK Go (de rock alternativo que teve sua fama principal devido aos vídeos musicais de suas canções)  para a versão gravada de "fora do álbum "". O vídeo foi filmado em um armazém de dois andares, no bairro Echo Park de Los Angeles, CA. A "máquina" foi projetado e construído pela banda, juntamente com membros do Syyn Labs (http://syynlabs.com/) ao longo de vários meses. A ideia  não tem nada de  original (aquela brincadeira dos dominós enfileirados...) mas ficou muito legal. Confiram:


CINE SINGULAR – O curta do dia (17/12)

Françoise   
Uma garota chamada Françoise. Um viajante esperando a partida. O encontro entre dois solitários numa estação rodoviária. Este filme encontra-se disponivel em DVD para compra através do site do diretor: http://rafaelconde.art.br/contato.php
Gênero: Ficção
 Diretor: Rafael Conde
 Elenco: Débora Falabella, Fernando Ernest e Rogério Falabella
 Ano: 2001
 Local de Produção: MG
 Ficha Técnica
 Produção: Deile Vassalo
Fotografia: Gilberto Otero
Roteiro: Rafael Conde
 Edição: Clarissa Campolina
 Som Direto: Luiz Adelmo  e Natália Rabczuk
 Direção de Arte: Lila Lessa
 Trilha original: Berenice Menegale
 Prêmios
Melhor Atriz no Festival de Brasília 2001
Menção Honrosa ABD&C - SP no Festival de Curtas de São Paulo 2001
Os 10 Mais - Escolha do Público no Festival de Curtas de São Paulo 2001
Prêmio ABD e C no Festival do Rio 2001
Prêmio Canal Brasil no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2001
Prêmio Espaço Unibanco no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2001
Melhor Diretor no FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul 2002   
 Festivais
Festival de Biarritz 2002
Festival de Cinema Latino-americano de Toulouse 2003
Festival de Gramado 2001
Festival de Havana 2001
Festival de Huesca 2002
Festival de Vitória 2002
Festival do Rio BR 2001
Festival Internacional de Rotterdam 2002
Festival Primeiro Plano 2003
Mostra Curta Goiânia 2001
Mostra de Cinema de Tiradentes 2002
Mostra O Bonequinho Viu - Festival do Rio 2002
Panorama Internacional Coisa de Cinema 2002
Festival de Cinema Luso-brasileiro de Santa Maria da Feira 2002
Festival de Curtas de Belo Horizonte 2002
Cinealternative Paris 2002

15 de dez de 2010

Passando o tempo com um gatinho pra lá de desastrado

LUZES DA CIDADE
Patrimônio histórico: perigo à vista

Em setembro do ano passado, fotografei a fachada de uma residência, localizada na Av. Tristão Gonçalves, entre a Av. Duque de Caixias e a Rua Pedro I, no Centro de Fortaleza. O que me chamou a atenção foi a preservação das linhas arquitetônicas do imóvel, possivelmente construído em meados do século passado. Até elogiei a atitude do seu proprietário em manter as características originais do prédio, diferente, de muitos donos que dilapidam, descaracterizam e até derrubam verdadeiras joias do patrimônio histórico cearense.


Dias depois, passei defronte e percebi a placa de "vende-se". A preocupação logo aflorou aos meus pensamentos: será que o futuro proprietário terá a mesma consciência e preocupação em preservar aquele pequeno pedaço da história arquitetônica da Capital cearense?
Posteriormente, a casa foi vendida.    

O tempo passou, a casa continuou de porta e janela fechadas.

Caso o proprietário siga o exemplo do vizinho, a desgraça estará consumada

 Ontem, mais de um ano depois, descobri o porquê da porta e a janela estarem lacradas. Toda a estrutura interior do imóvel  está sendo destruída, dando lugar a construção de novos compartimentos.  Claro que os órgãos defensores de prédios históricos aceitam redimensionamentos estruturais no interior do imóvel, contanto que a fachada original seja preservada. Isso ocorre em prédios tombados pelo patrimônio histórico. O que não é o caso. É imóvel particular e seu dono não está obrigado a cumprir a legislação defensora de bens patrimoniais.
Pode até ser que eu esteja  me precipitando, chorando antes do caixão do defunto sair, pensando que a fachada do imóvel será descaracterizada. Só que no Centro, por exemplo, a consciência sobre a manutenção da memória urbana é quase zero.  O prédio vizinho, à esquerda da referida casa (certamente construído à mesma época - nota-se arabescos idênticos nas platibandas), teve a janela transformada em porta.
Vou continuar de olho, e também consultar o Patrimônio Público (do Estado ou da Prefeitura) o que pode ser feito. Por exemplo: orientar o proprietário sobre a importância da casa para a memória da cidade.

CBF desmente "Jornal Nacional" e afirma que não reconheceu os campeonatos anteriores a 1971

Deu no Comunique-se
Na edição desta segunda-feira (13/12) do "Jornal Nacional" o apresentador e editor-chefe do programa, William Bonner, disse que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou que os campeonatos Roberto Gomes Pedrosa e Taça Brasil - realizados de 1959 a 1970 - serão reconhecidos como Campeonato Brasileiro (que começou a ser disputado em 1971). A entidade máxima do futebol brasileiro, no entanto, afirma que não há nenhuma decisão sobre o reconhecimento desses torneios.
No site oficial da CBF também não há nenhuma informação sobre o possível reconhecimento do "Robertão" e da Taça Brasil como o Campeonato Brasileiro da época. Ao portal eBand, o diretor de comunicação da entidade, Rodrigo Paiva, disse que essa possibilidade existe, mas que no momento não há nenhuma decisão sobre o tema. Ele também afirmou que a questão será resolvida quando o presidente Ricardo Teixeira voltar dos Emirados Árabes Unidos, onde está acompanhando o Mundial de Clubes da Fifa.
"Não existe essa decisão. Estão transformando uma probabilidade em fato. O presidente está em Dubai acompanhando o Mundial. Ele definirá este assunto apenas quando voltar", declarou Paiva.
Caso os dois torneios sejam unificados ao Brasileirão, Palmeiras e Santos serão os maiores campeões nacionais, de acordo com a CBF. As duas equipes poderão passar a contar com oito títulos cada, superando o São Paulo (com seis) e o Flamengo (com cinco - a CBF não reconhece o título de 1987 do rubronegro carioca).
Veja o vídeo em que Bonner afirma que a CBF "divulgou" o reconhecimentos dos dois torneios:



CINE SINGULAR – Curta de hoje (15/12)

Clarita   

Sinopse
Narrado na primeira pessoa, e baseado na história da mãe da diretora, portadora da Doença de Alzheimer, o documentário apresenta reflexões e questionamentos sobre o sentido da vida e a convivência com a morte. O documentário alterna imagens filmadas com sua mãe e reconstituições feitas com a atriz Laura Cardoso.
Gênero: Documentário
 Diretora: Thereza Jessouroun
 Local de Produção: RJ
  Ficha Técnica
 Fotografia: Alberto Bellezia
 Roteiro: Thereza Jessouroun
Edição: Célia Freitas
 Som Direto: Toninho Muricy
 Edição de som: Simone Petrillo
 Câmera: Alberto Bellezia
 Narração Thereza Jessouroun
 Figurino Beatriz Carneiro
 Maquiagem: Hilton Castro
 Direção de produção: Claudia Schuch
 Produção Executiva Thereza Jessouroun
 Operação on line: Link Digital
 Apoio: Link Digital, Apaz, Kodak, Apema, Restaurante a Mineira, Instituto Vivendo, Legião Feminina de Educação e Combate ao Câncer
 Participação especial: Laura Cardoso
 Música: Marcelo Alonso Neves
 Estúdio de Mixagem: CTAV Transfer Link Digital
 Preparação de Elenco: Ernesto Piccolo
 Consultoria: Dolby Carlos B. Klachquin
 Apoio Cultural: CTAV, Apsen Farmacêutica S/A, Meios e Mídia Comunicação   

 Prêmios
Prêmio Margarida de Prata no Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB 2009
Melhor Atriz no Festival de Cinema do Paraná 2008
Prêmio OCIC-SIGNIS no Jornada Internacional de Cinema da Bahia 2007
Menção Honrosa no Mostra Vídeo Saúde da Fiocruz 2008   
  Festivais
 É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários 2008
Femina - Festival Internacional de Cinema Feminino 2008
International Documentary Film Festival Amsterdam 2007
Festival Internacional de Cine Documental de la Ciudad de México 2009
Festival Internacional de Documentários "Santiago Alvarez in Memorian" 2010
Guarnicê de Cine e Vídeo 2008





Pac-Man com novos cenários
e mais viciante do que nunca




Pac-Man, clássico dos jogos (aquele personagem amarelo comedor de bolinhas), lançado nos fliperamas em 1980, ainda continua sendo um dos viciantes mais favoritos até hoje. Está sendo aquecido no mercado com uma nova fórmula :o Pac-Man Championship Edition. O jogo está mais espetacular do que nunca, com novos modos, cenários renovados e mecânicas inéditas de jogo. O resultado é algo ao mesmo tempo inovador e saudosista.

14 de dez de 2010

NATAL -  Comercial antigo
Gretchen se une
pela 14ª vez
Segundo o site Kibeloco agora é torcer para que a cerimônia dure mais do que o casamento


A 14ª união de Gretchen, 51 anos, a sexta no papel, desta vez com o empresário Sílvio Alves, de 30, será uma mega festa para 400 convidados em Goiânia e teve Paris como inspiração. A Mansão Boulevard, a casa de festa onde acontecerá a cerimônia, amanhã, 15, terá uma decoração elaborada por um cenógrafo que se baseou nos jardins da capital francesa. Lilás e branco são as cores que vão dominar o ambiente que terá objetos palacianos. 

A cerimônia civil contará com a presença de um juiz de paz e com a benção religiosa comandada pelos pais do noivo, pastores da Assembléia de Deus, Saulo de Oliveira e Joana Xavier. Vinte casais serão os padrinhos vestidos com ternos pretos e gravatas lilás, presenteadas pela noiva.
(Deu no O Globo)
Produtos de sexo 
de porta em porta
No último dia do ano, estreia, nos cinemas, a comédia romântica e ao mesmo tempo engraçada De Pernas Pro Ar, dirigido por Roberto Santuccir, que conta a história de Alice (Ingrid Guimarães) uma executiva que trabalha demais e não tem tempo para nada até que o seu marido (Bruno Garcia)resolve acabar com o casamento.   Depois de perder o emprego, ela se une à vizinha Marcela,  interpretada por Maria Paula – Casseta & Planeta- , a dona de uma sexy shop,  aí a vida muda completamente, porque ela começa a trabalhar com a amiga, indo vender os produtos da sexy shop de casa em casa. A loja vivia atolada em dívidas e a partir daí...



Dilma, Dunga e Cala Boca Galvão na lista dos termos mais comentados no Twitter

Da Redação (Comunique-se)

Entre os mais de 25 bilhões de mensagens disparadas via Twitter neste ano, alguns termos brasileiros se destacaram entre os usuários. A lista divulgada nesta segunda-feira (13/12) pelo microblog separa as diversas palavras em categorias, como “Pessoas”, “Eventos” e “Tecnologia”.  Na liderança dos assuntos gerais ficou o "vazamento de petróleo no Golfo do México", seguido por "Copa do Mundo 2010" e o filme “A Origem” – este último, pago.
Durante o período de jogos do mundial de futebol na África, seleções e jogadores em campo dominavam grande parte da lista mundial dos termos mais comentados na rede. O ex-técnico do time brasileiro, Dunga, foi o quarto termo mais abordado na rede, à frente da campanha idealizada pelos internautas brasileiros, o “Cala Boca Galvão”, sétimo termo melhor ranqueado. 
No campo das personalidades, a presidente eleita Dilma Roussef (PT) superou Julian Assange, fundador do Wikileaks, e foi o segundo nome mais abordado na rede, perdendo apenas para o jovem cantor Justin Bieber, que tem o terceiro perfil mais seguido do Twitter.
Os campeões
Em outras categorias, como Televisão, o prêmio Music Video Awards, da MTV, encabeçou o primeiro lugar, enquanto nas discussões sobre tecnologia o iPad, da Apple, foi líder no seu segmento. No esporte, os fãs destacaram Lebron James, jogador de basquete  do Miami Heat (time da NBA); entre os filmes, a produção “A Origem” rendeu mais comentários que qualquer outro lançamento.


Durante a Copa do Mundo, na África do Sul, Dunga, o turrão, foi personagens de várias paródias como esta:


CINE SINGULAR -  O curta de hoje (14/12)

O Lobisomem e o Coronel   

Sinopse
A produção deste curta foi viabilizada com Patrocínio Petrobras. Um violeiro cego dedilha um repente e conta uma história passada na fazenda de um rico coronel da região.
Gênero: Animação
 Diretores: Elvis K. Figueiredo e Ítalo Cajueiro
 Ano: 2002
 Duração: 10 min
 Local de Produção: DF
 Ficha Técnica
 Roteiro: Ítalo Cajueiro
 Edição: Ítalo Cajueiro, Elvis K. Figueiredo, Krishnamurti Costa e Fernando Augusto
 Direção de Arte: Ítalo Cajueiro, Elvis K. Figueiredo e Krishnamurti Costa
 Trilha original: Marcelo Guima
 Empresa produtora: Exemplus Comunicação e Marketing
 Computação grafica Elvis K. Figueiredo e Krishnamurti Costa
 Produção Executiva: Eduardo Rocha, Marcelo Cunha e Valéria Tavarez
 Trilha Sonora: Pauly de Castro, Tiago de Freitas
 Cenários: Zeluca Ferraz
 Fotografias: Elvis K. Figueiredo e Krishnamurti Costa
 Direção Musical: Marcelo Guima
 Arranjos: Marcelo Guima Repentista Chico de Assis
 Prêmios
Melhor Filme - Júri Popular no Anima Mundi 2002
Melhor Filme Brasileiro no Anima Mundi 2002
Melhor Filme Animação no Cine Ceará 2002
Melhor Roteiro no Cine Ceará 2002
Melhor Animação no Vitória Cine Vídeo 2002
Melhor Filme Animação no Festival Latino de Campo Grande 2002
Melhor Filme Animação no Jornada Internacional de Cinema da Bahia 2002
Melhor Música no Jornada Internacional de Cinema da Bahia 2002   
 Festivais
Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2002

13 de dez de 2010



O homem mal começou como técnico da seleção brasileira e já está faturando, sendo garoto propaganda de anúncio... de cerveja. Detalhe: ainda não ganhou porra nenhuma. Imagina, quando os jogadores ganharem uma copinha dessas por aí, caça níquel, o cachê do cara será estratoférico. É gente, futebol é negócio.


CINE SINGULAR – Curta do dia (13/12)
 
 A Alma do Negócio   
Sinopse
 Um perfeito casal-propaganda leva uma vida feliz e tranqüila até descobrir que seus maravilhosos produtos podem fazer muito mais do que prometem.
Gênero: Ficção
Diretor: José Roberto Torero
Elenco: Carlos Mariano e Renata Guimarães
Ano: 1996
Local de Produção: SP
 Ficha Técnica
Produção: Zita Carvalhosa
 Fotografia; Katia Coelho
 Roteiro: José Roberto Torero
 Edição: Paulo Sacramento
 Trilha original: Caco Faria, Lelo Nazário e Alvaro Faria
 Prêmios
Prêmio do Júri Popular no Festival de Cuiabá 1997
Prêmio do Júri Popular no Festival de Guarnicê 1997
Menção Honrosa no Festival de Palm Springs 1997
Melhor Diretor no Festival de Recife 1997
Melhor Comédia no Festival Drama 1997
Melhor Roteiro no Festival de Curitiba 1997
Prêmio do Júri Popular no Festival de Curitiba 1997
Melhor Ator no Jornada da Bahia 1996
Melhor Atriz no Jornada da Bahia 1996   

 Festivais
Festival de Clermont-Ferrand 1997
Festival de Fribourg 1997
Festival de Mediawave 1997
Festival de Montreal 1997
Festival de Philadelphia 1997
Festival Internacional de Havana 1996
Festival Internacional de Rotterdam 1997
Tampere International Film Festival 1997
Festival de Arcipelago 1997
Festival IMPUT 1997
Festival Internacional de Santiago 1996

12 de dez de 2010

Bombou na web
nesta semana

Um brasileiro não identificado conseguiu um flagrante da natureza que o National Geographicc e o Discovery Channel adorariam ter. Segundo consta na descrição de seu vídeo, o rapaz estava pescando e fisgou um peixe-elétrico. Quando tirava o peixe da água, um jacaré apareceu e fincou os dentes no peixe. Tudo parecia calmo, até que o jacaré começou a tremer sutilmente. Estava sendo eletrocutado. Segundo o pescador, ele e os amigos conseguiram libertar o peixe, que nadou de volta. O jacaré não teve tanta sorte. O vídeo impressionante teve mais de 400 mil acessos.


Deu pena ver a mamãe pata e seus filhinhos arrastados pela força de uma ventania no parque de um hipódromo no Canadá. Depois de rolar descontroladamente pelo chão, todos se recuperaram do susto e voltaram a caminhar em fila, cheios de dignidade. O vídeo foi visto mais de 3 milhões de vezes.



O vídeo de 19 segundo começa com o incêndio em uma casa. Labaredas e fumaça saem pelas janelas. Logo surge o que todos imaginam ser o causador: Um homem fora de si, em cima de uma maca, acenando para a câmera e hostilizando os bombeiros. A teoria mais comum entre os que viram as imagens 300 mil vezes é que as chamas começaram com a gimba do entorpecente que o rapaz fumava.

Fonte: revista Época


Hino à vida a partir dos mares

Filmado em várias partes do mundo, com tecnologia de ponta, Oceanos (Oceans) faz com que o espectador viva entre os peixes, penetrando a 10 nós no coração de cardumes de atunas, acompanhar os golfinhos ou apreciar as barbatanas do tubarão branco...além de outras emoções.
Sinopse
Oceanos (Oceans) é um documentário épico produzido pela Disney Nature. Aproximadamente três quartos da superfície terrestre são cobertos por água, e o filme explora as histórias e mistérios que neles se escondem. Os diretores mergulharam fundo nas águas que sustentam a vida humana, explorando o esplendor e as duras realidades das criaturas marinhas, filmadas com a mais avançada tecnologia de captação de imagens subaquáticas.
NATAL: Charge



CINE SINGULAR – Curta do dia

O Xadrez das Cores   

Sinopse
Cida, uma mulher negra de quarenta anos, vai trabalhar para Maria, uma velha de oitenta anos, viúva e sem filhos, que é extremamente racista. A relação entre as duas mulheres começa tumultuada, com Maria tripudiando em cima de Cida por ela ser negra. Cida atura a tudo em silêncio, por precisar do dinheiro, até que decide se vingar através de um jogo de xadrez.  
Gênero: Ficção
Diretor: Marco Schiavon
Elenco: Anselmo Vasconcellos, Mirian Pyres e Zezeh Barbosa
Ano: 2004
 Local de Produção: RJ
 Ficha Técnica
Produção: Midmix Entretenimento e Marco Shiavon
 Fotografia: Gilberto Otero Roteiro e Marco Schiavon
 Direção de Arte: Irene Black
 Empresa produtora: Midmix Entretenimento
 Edição de som: Mariana Barsted Câmera e  Gilberto Otero
 Direção de produção: Claudia Couto
 Produção Executiva: Alexandre Moreira Leite
 Montagem Fábio Gavião e Marco Schiavon
 Música: José Lourenço   
  Prêmios
 Melhor Filme - Júri Popular no Festival de Cinema de Goiás 2005
Finalista no Grande Prêmio TAM do Cinema Brasileiro 2005
Melhor Curta - Júri Popular no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2005
Melhor Curta Metragem Nacional pelo Júri Popular no Festival de Cinema e Vídeo de Curitiba 2005
Prêmio Especial no Festival de Cinema e Vídeo de Curitiba 2005
Melhor Curta Metragem Nacional pelo Júri Popular no Festival de Goiania 2005
Melhor Atriz no Jornada de Cinema da Bahia 2005
Melhor Curta Metragem Nacional pelo Júri Popular no Mostra Cine Rota 22 2005   

 Festivais
Cine PE 2005
Festival de Belém 2005
Festival do Ceará 2005
Festival Internacional de Curtas-Metragens de Belo Horizonte 2004
Los Angeles Intl Short Film Festival 2004
Mostra de Cinema de Macapá 2005