27 de mar de 2010

Bombou na web
nesta semana


Um dos piores efeitos do álcool é a perda da memória recente. O vídeo abaixo, enviado à exaustão hoje via Twitter e Facebook, é um exemplo disso. Depois de abrir o portão para a passagem de um carro, o porteiro, aparentemente embriagado, simplesmente se esquece do que acabou de fazer e… tenta abrir o portão de novo. Os últimos segundos do vídeo mostram o quanto estava emperrado esse portão imaginário.


Foram 158 vozes cantando a mesma música, e ninguém precisou sair de casa. O compositor e condutor de corais Eric Whitacre, americano, arrebanhou cantores de 12 países – a grande maioria dos Estados Unidos – para executar uma de suas obras, “Lux Aurumque” (algo como “Luz do Ouro”, em tradução livre), via internet. Ele juntou as performances em um programa de edição de vídeos e postou o resultado no YouTube.





Uma garota chinesa está disposta a assustar a vizinhança. Com roupas e maquiagem que a transformam numa imagem mórbida, ela se posiciona atrás da porta de chegada da rua. As pessoas entram, calmamente, e têm as mais diferentes reações de susto.
Não vou entrar no mérito se a brincadeira é de bom ou mau gosto, mas a reação do último homem é completamente fora de proporções. Há quem diga que foi tudo armado, mas o vídeo parece ser bem real.

Fonte: revista Época

26 de mar de 2010


Tico-Tico no Fubá, o imortal choro composto em 1917 por Zequinha de Abreu e Aloysio Oliveira, é um das melodias brasileiras mais aplaudidas em todo o mundo.

Neste vídeo, Tico-Tico no Fubá é executado pela Filarmônica de Berlim (em alemão: Berliner Philharmoniker), orquestra baseada em Berlim, Alemanha e considerada uma das dez melhores orquestras da Europa na lista Top Ten European Orchestras.

25 de mar de 2010



Bush continua cometendo gafe
George W. Bush acompanhava Bill Clinton na viagem para avaliar as necessidades para a reconstrução do Haiti. Depois de cumprimentar um haitiano, Bush disfarça e limpa a mão na camisa de Clinton.
Clinton até esboça uma reação, mas a indiscrição de Bush já havia sido registrada. Mais uma para lista de gafes do ex-presidente americano.

24 de mar de 2010


História de Clovis Beviláqua

é resgatada em livro

No próximo dia 6 de abril, o historiador Cássio Schubsky lançará o livro Clóvis Beviláqua – Um Senhor Brasileiro, que retrata a trajetória de do jurista cearense Clóvis Beviláqua, autor do projeto do primeiro Código Civil brasileiro, que vigorou por quase 80 anos. O evento acontecerá na sede da Associação dos Advogados de São Paulo, localizada na capital paulista. As informações são da revista Época.

Trata-se de uma tentativa de resgatar a história do jurista que é pouco conhecido pelo público. Publicada pela editora Lettera.doc, a obra contém capítulos dedicados a sua vida pessoal, elaboração do Código Civil, sua participação na Academia Brasileira de Letras, fundada por ele. Schubsky colheu também depoimentos de autoridades do meio jurídico, como os ministros do Supremo Tribunal Federal José Antonio Toffoli e Eros Grau, sobre a importância de Beviláqua para a história do Direito no Brasil.

Alguns capítulos da publicação deverão causar polêmica. Principalmente, quando o autor busca provar, por meio da pesquisa histórica, que Beviláqua não emitiu parecer favorável à extradição de Olga Benário Prestes. Ele contesta a versão de Fernando Morais sobre a posição de Beviláqua no caso da extradição. “Estamos agora no terreno do Direito Internacional com um caráter punitivo”, teria dito Beviláqua na ocasião. “A expulsão de que se cogita envolve o ponto de vista do interesse público, que está acima de todos os demais interesses.”

Para Schubsky, essas declarações são explicações sobre o embasamento jurídico para a decisão, prevista pela Lei de Segurança Nacional. “Pareceres assinados por Beviláqua mostram que ele era um democrata, um defensor da liberdade”, diz. O historiador chega a mencionar o decreto de deportação, assinado pelo presidente Getúlio Vargas e pelo ministro da Justiça Vicente Rao. De acordo com Schubsky, é a primeira vez que o decreto é publicado em livro.

23 de mar de 2010

Lançamento da semana



Como treinar o seu dragão se passa em um mundo cheio de Vikings musculosos e dragões selvagens. Um adolescente esquelético e desajeitado, filho de Viking, decide matar um dragão para se tornar um herói, provando seu valor à tribo e ao pai. Mas quando ele se torna amigo do dragão, seu mundo vira de cabeça para baixo.


21 de mar de 2010

Bombou na Web
nesta semana

No Brasil, ninguém fez mais sucesso na internet que o colombiano Pablo Armero, lateral esquerdo do Palmeiras. Não pelo futebol que apresentou na vitória de seu time sobre o Santos, por 4 a 3. É que na comemoração de um dos gols o jogador extravasou sua alegria com uma versão peculiar do “Rebolation”, música sensação do último Carnaval na Bahia. As várias versões da performance, apelidada de Armeration, foram vistas quase 500 mil vezes.





No último domingo, um temporal estragou os planos de milhares de fãs que pretendiam ver o show da banda Guns N’ Roses no Rio de Janeiro. Parte do palco cedeu com a força dos ventos, duas pessoas tiveram ferimentos leves e o evento acabou cancelado pela produção.

O que nenhuma foto conseguiu mostrar nos jornais do dia seguinte foi o pânico que o acidente causou entre os membros da produção do show. Um deles, Bobby Jarzombek, baterista da banda de abertura da noite, do cantor Sebastian Bach, registrou tudo em vídeo enquanto acompanhava a montagem de seu instrumento, dentro de um container. A maior parte da conversa é em inglês, mas as palavras são irrelevantes diante das imagens:



Uma gravação que eu já havia escutado em inglês finalmente foi legendada. É um programa de rádio humorístico da Irlanda de muito sucesso. No episódio em questão, uma suposta menina de 9 anos liga em uma empresa de demolição disposta a derrubar sua escola.

A garotinha pergunta detalhes do serviço, questiona sobre o orçamento e até faz exigências, como pedir que o engenheiro chefe garanta que seus professores estarão lá dentro.

Tudo não passa de uma brincadeira, com um sintetizador de voz. Mas o resultado é bem engraçado.

update: tem uma turma falando que a menina existe, que ela passa uma série de trotes neste programa da rádio irlandesa. Realmente há um monte de fotos e matérias na internet sobre a menina, que se chama Robeca Berry. Eu só não achei um vídeo dela passando trote.