5 de dez de 2009

O Cururu Siriri
na Copa de 2014
Quando chegar a Copa do 2014, aqui no Brasil, os visitantes de umas das sedes, Cuiabá (Mato Grosso), terão oportunidade de apreciar uma das manifestações mais antigas e originais do País: o Cururu Siriri. Um estilo de música e dança que permaneceu preservado durante três séculos, graças ao isolamento por que passaram Cuiabá, o Pantanal e boa parte do Mato Grosso, desde a segunda metade do século XVIII, depois que o ouro no Rio Cuiabá se esgotou há aproximadamente 40 anos de exploração predatória.O Cururu, gênero musical no qual grupos de homens – tocando viola de cocho, instrumento que só existe na cultura cuiabana e pantaneira -, se apresentava em reuniões caseiras, ao fim de um dia de muito trabalho ou fins de semana, cantando melodias em que o cotidiano era o assunto principal. Em pouco tempo, as mulheres, que passavam a maior parte do tempo, preparando a comida e as bebidas consumidas pelos homens, reivindicaram seu espaço. E surgiu o Siriri, dançado por mulheres, com vestido de chita e pé no chão.O Cururu é tocado, cantado e dançado por homens que forma um círculo, fazendo rodízio entre solistas e cantadores. O Siriri é dançado por homens e mulheres, com a incorporação de elementos africanos, indígenas e portugueses.

3 de dez de 2009




Datena se irrita com colegas do
Jogo Aberto em programa ao vivo
O apresentador José Luiz Datena, do SP Acontece, se irritou com seus colegas do Jogo Aberto, que atrasaram o fim do programa. Ele interrompeu uma entrevista que a apresentadora Renata Fan realizava com o técnico de futebol Wanderley Luxemburgo.“O horário é meu, dá aqui. Bota na tela aqui. O negócio é o seguinte. Não tem segredo. Televisão é assim. Vê se eu passo um minuto para entregar para o Jornal da Band”, disse.Datena também criticou o comentarista Oscar Roberto de Godoy, que passou em frente à câmera.“Foi o Godoy? Dá uma taça pro Godoy. Ele trabalha em televisão há tempo suficiente para não passar em frente à câmera. Dá uma taça para ele. Ele merece. Inteligente pra caramba”, disse, deixando o comentarista Neto e Luxemburgo constrangidos.
Fonte: Comunique-se



E por falar em Datena, olhem aí o mico que ele cometeu, no ano passado, na transmissão da festa em Parantins...
Em um jogo na liga Belga o goleiro do Roeselare fez uma jogada surpreendente, vejam:

2 de dez de 2009









Os Marcados de Claudia Andujar

No início dos anos 80, a fotógrafa Claudia Andujar fotografou os índios da tribo Yanomâmis para um registro de vacinação. Como essa tribo não dava nomes às pessoas, cada índio segurou um número para identificação. Daí veio a série Marcados, em 2006, que reuniu essas fotos e participou de várias mostras.
Em Marcados estão fotos de Claudia feitas para registro de vacinação quando ela esteve n\ floresta, participando da Comissão pela Criação do Parque Ianomâmi. O território indígena foi invadido várias vezes e os índios não resistiram bem ao contato humano. Como a tribo não dava nomes às pessoas, cada indivíduo teve que segurar um número para sua identificação, como nos passaportes ou nas fichas criminais da Polícia. Assim, uma nova identidade era criada para crianças, adolescentes, adultos e velhos ianomâmis. É impossível ficar indiferente à expressividade dos nativos. Impaciência e curiosidade estampam nos rostos fotografados.

O divertido e educativo Peixonauta, desenho da produtora paulista TV PinGuim, primeira série de animação de concepção brasileira que o Discovery Kids exibe de segunda a sexta, é sucesso de público e crítica desde abril passado, quando estreou. A história segue as incríveis e às vezes escorregadias e molhadas aventuras de um peixe, agente secreto e seus amigos Marina e Zico.
Hoje, crianças de 60 países acompanham as aventuras do peixinho.

30 de nov de 2009



Estreia nesta sexta-feira, nos cinemas brasileiros, um filme que vem provocando medo, nas salas por onde foi exibido: Atividade Paranormal. É a história de um jovem casal de classe média americana que muda-se para casa no subúrbio onde estranhos fenômenos paranormais vem acontecendo. Produção de baixo orçamento que vem conquistando o público por onde passa...

Chega esta semana às lojas brasileiras, o disco Sacrificium da meio-soprano italiana Cecilia Bartoli. O CD é dedicado ao repertório dos cantores que sofriam mutilações para que sua voz se conservasse aguda. Castrati (castrado) a palavra designa os cantores que, na infância, tinham os testículos removidos, para barrar as mudanças hormonais que tornam a voz grossa. O auge dessa prática bárbara se deu na Itália, na segunda metade do século XVIII – mais de 4.000 meninos foram mutilados por ano. Lançado pela gravadora Decca nos Estados Unidos e na Europa, Sacrificium tornou-se sucesso com mais de 500.000 cópias vendidas.

29 de nov de 2009

BOMBOU NA WEB
nesta semana


Da série de vídeos que qualquer palavra poderia ameaçar tamanha obra-prima. Aproveitem.




Segundo a ONG Plane Stupid (um trocadilho com “plane”, “avião”, e “plain stupid”, “completo idiota”), um voo regular na Europa produz 400 quilos de gases de efeito estufa por passageiro, o equivalente ao peso de um urso-polar. Daí a ideia da última campanha da ONG, um vídeo que mostra uma chuva de ursos-polares. A campanha foi vista 500 mil vezes.



Ximbica é a nova estrela da internet. A personagem, inspirada nas apresentadoras de programas infantis, estrelou na web uma “série” satírica criada por brasileiros usando o universo do jogo The sims, que simula a vida real. Foi só seus criadores divulgarem um clipe na rede e Ximbica (na foto ao lado, diante de uma falsa lápide com o nome da cantora brega Stefhany) tem até show marcado no mundo real. O vídeo da canção “Ximbication” já ultrapassou os 200 mil acessos.
Fonte: Revista Época