1 de out de 2011


CINE SINGULAR -  O curta do dia
Sildenafil
Sinopse
Em meio a uma casamento em crise, uma mulher de meia idade obriga seu marido à experimentar Viagra. A partir deste momento toda uma sequência de dramáticos acontecimentos deixam o seu marido em pânico.
Gênero: Ficção, Conteúdo Adulto
 Diretor; Clovis Mello
 Elenco: Marilia Medina e Ricardo Petraglia

 FichaTécnica
Produção Rose Garkisch e Tania Freitas Fotografia Marcelo Brasil Edição João Branco Som Direto Jorge Saldanha Direção de Arte Gabriella Valverde Empresa(s) produtora(s) Cine Cinematografica Ltda. Figurino Karla Monteiro Maquiagem Edna Soares Assistente de Direção Flavia Gomes Produção Executiva Raul Doria, Wal Tamagno Assistente de Produção Tatiana Ueda, Ana Paula Wanderley , Lucas Leandro e Marcelinho Melo Continuidade Loly Fereira Pós-produção Carlos Fernandes
 Prêmios
Melhor Ator no BRAFFT - Festival Brasileiro de Filmes em Toronto 2009
Melhor Atriz no BRAFFT - Festival Brasileiro de Filmes em Toronto 2009
Melhor Filme no BRAFFT - Festival Brasileiro de Filmes em Toronto 2009
Melhor Curta - Júri Popular no Festival do Rio 2009
Melhor Diretor no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2009
Melhor Filme no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2009
Melhor Filme - Júri Popular no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2009
Melhor Roteiro no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2009
Prêmio aquisição Canal Brasil no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2009
Prêmio Quanta no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2009    


Urgência parlamentar
Olha a prevenção!!!

30 de set de 2011

Vídeo de Gisele Bundchen
provoca polêmica
Os vídeos da campanha, chamada "Hope Ensina", mostram a modelo contando ao marido que bateu seu carro e estourou o limite do cartão de crédito. Primeiro, Gisele revela os problemas vestida com roupa e, na sequência, apenas de lingerie. A propaganda diz que a primeira maneira é errada e, a segunda, a correta. E incentiva as brasileiras a usar seu charme.
"'Hope ensina' é a campanha da empresa que 'ensina' como a sensualidade pode deixar qualquer homem 'derretido'. Nela, a modelo Gisele Bundchen estimula as mulheres brasileiras a fazerem uso de seu 'charme' (exposição do corpo e insinuações) para amenizar possíveis reações de seus companheiros frente a incidentes do cotidiano", diz nota divulgada pela SPM.
A secretaria afirma que sua ouvidoria recebeu seis reclamações de pessoas "indignadas" com a propaganda desde o dia 20, quando ela foi ao ar. Além do ofício ao Conar, a SPM também enviou documento ao diretor da Hope Lingerie, Sylvio Korytowski, "manifestando repúdio à campanha."
"A propaganda promove o reforço do estereótipo equivocado da mulher como objeto sexual de seu marido e ignora os grandes avanços que temos alcançado para desconstruir práticas e pensamentos sexistas. Também apresenta conteúdo discriminatório contra a mulher, infringindo os artigos 1° e 5° da Constituição Federal", completa a nota da SPM.
O Conar, por meio de sua assessoria de imprensa, disse que poderá dar uma resposta sobre o ofício da SPM somente no início da tarde.
Hope
Por meio de nota, a Hope disse que a propaganda teve o objetivo de mostrar, de forma bem-humorada, que a sensualidade natural da mulher brasileira pode ser uma arma eficaz no momento de dar uma má notícia e que, utilizando uma lingerie Hope, seu poder de convencimento seria ainda maior.
"Os exemplos nunca tiveram a intenção de parecer sexistas, mas sim, cotidianos de um casal. Bater o carro, extrapolar nas compras ou ter que receber uma nova pessoa em sua casa por tempo indeterminado são fatos desagradáveis que podem acontecer na vida de qualquer casal, seja o agente da ação homem ou mulher", disse a nota.
(Fonte: You Tube)

E a turma do humor já começou a tirar casquinha...

28 de set de 2011

Nazismo na Amazônia
Edilson Martins
Nos anos 30, do século passado, mais exatamente na segunda metade daquela década, às vésperas da 2ª Grande Guerra, a Amazônia foi visitada, percorrida e pesquisada por uma expedição alemã não constitui uma revelação inédita, bombástica. Embora restrita, praticamente desconhecida pelo país, revelação mesmo é a existência de um longa-metragem, contando os feitos, nada venturosos, dessa expedição.
Um hidroavião, “Água Marítima”, se despedaçou no meio de toras de madeira em pleno rio Jari; um barco imenso conduzindo câmeras, armas potentes, material de cartografia, provisões, alimentos, afundou durante as enchentes de inverno; e, finalmente, um dos líderes dessa odisséia, Joseph Greiner, terminou, fulminado por uma malária, tendo os pés enterrados à frente da cachoeira de Santo Antônio, em verdade uma das mais belas cataratas de toda a Amazônia brasileira.
Entre os anos 1935/1937 essa expedição permaneceu no rio Jari, na foz do Amazonas, portanto num dos pontos mais estratégicos, senão o mais, de acesso à região amazônica. A expedição, como de resto outros feitos da Alemanha nazista, ambiciosa, ciente de que dominaria o mundo, levada pelo sentimento e certeza de raça superior, terminou afogada em delírios de poder.
Seus principais líderes foram: Gerd Kahle, chefiando o grupo; Joseph Greiner, responsável pela ordem interna da expedição; Otto Schulz-Kampfhenkel, aviador, amigo de Hermann Göring, ministro da Aeronáutica de Hitler. Hermann Göring, em verdade, foi quem patrocinou toda a expedição, que de científica é difícil se provar. Havia também Gerhard Krause, mecânico de avião e operador de som.
Não menos curioso é que o pai da antropologia brasileira, Curt Nimuendaju, alemão que vivia em Belém trabalhando para o SPI (Serviço de Proteção aos Índios), atual FUNAI, e considerado o pai da Antropologia brasileira – Darcy Ribeiro dizia ser ele o seu criador – foi convidado a participar. Recusou. Odiava tudo o que cheirava a nazismo.
*Edilson Martins, jornalista, documentarista e escritor. Trabalha há 40 anos na região amazônica, principalmente com temas sociais, ambientais e indígenas. Recentemente dirigiu a Série “AmazôniAdentro”, exibida na TVBrasil.
 
Vejam o filme:

27 de set de 2011

E olha aí o nosso Tom Cavalcante
relembrando o seu início de carreira...
Estreia
O Livro dos Espíritos

A partir do próximo dia 6, nos cinemas do Iguatemi, o filme O Livro dos Espíritos (na linha transcendental), trabalho baseado na obra do pedagogo francês Allan Kardec.
Trailer: Após perder a esposa e a caminho do suicídio, um homem se depara com O Livro dos Espíritos e começa uma jornada de transformação interior rumo aos mistérios da vida espiritual e suas influências no mundo material.

26 de set de 2011


CINE SINGULAR – O  curta do dia
Lúmen
Sinopse
Um inventor em crise tem uma idéia que parece ser a solução perfeita para seus problemas.
  Gênero: Animação
 Diretor: Wilian Salvador
  Ano: 2007
 Local de Produção: MG
 Ficha Técnica
 Fotografia Mateus Di Mambro Roteiro Wilian Salvador Animação Wilian Salvador, Mateus Di Mambro Som Jalver Bethônico Música Jalver Bethônico   
 Prêmios
 Melhor Animação no Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2008
Prêmio Porta Curtas no Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2008
Melhor Curta Estudantil Estrangeiro no Fenaco 2007
Melhor Curta Estudantil Estrangeiro no Festianima 2008
Menção Honrosa no Festival de Curtas Academia Internacional de Cinema 2008
Melhor Animação no Festival Guarnicê de Cinema do Maranhão 2007
Melhor Direção de Arte no Festival Guarnicê de Cinema do Maranhão 2007
Melhor Roteiro no Festival Guarnicê de Cinema do Maranhão 2007
Melhor Curta sem Diálogos no Sapporo Short Fest 2008
Melhor Animação no Vitória Cine Vídeo 2007
2º lugar na mostra competitiva nacional no Curta Votorantim 2007
Melhor Animação Técnica no Granimado Festival Brasileiro de Animação 2007
Melhor Animação no International Panorama of Independent Film and Video Makers 2008
Menção Honrosa no Mosca - Mostra audiovisual de Cambuquira 2008
Melhor Animação - Júri Popular no Mostra Minas de Cinema e Vídeo - Belo Horizonte 2007
Melhor Animação no Festival Aruanda do Audiovisual Universitário 2007
Menção Honrosa no Mostra Miau 2007   
 Festivais
 Anima Mundi 2007
Animafest Zagreb 2008
Festival Internacional de Curtas-Metragens de Belo Horizonte 2007
Festival of Nations 2008
Krok 2008
   

Sponholz


Olha aí gente, a Christiane Torloni mamadinha da silva no Rock in Rio