8 de jan de 2011

Vejam, lá no fundo, quase imperceptível, o farol apagado


E o faroleiro cochilou
 Nesta boquinha da noite de sábado (dia 8 de janeiro) o relógio marca 18h 10min, e daqui da varanda do meu ap, olho e percebo que o farol do Mucuripe ainda não foi ligado (vejam a foto que bati há poucos instantes). Penso que alguma coisa aconteceu com o faroleiro ( o Cardoso) para não ligar o equipamento ,pois já  o entrevistei e ele sempre se mostrou um funcionário correto, e que ligava as luzes do farol  antes das seis da noite. Hoje, todavia, o Cardoso esqueceu do horário de ligar as luzes do farol na hora determinada. Talvez, porque hoje é sábado, a coisa fica mais descontraída e a responsabilidade afrouxa. 
Não justifica. E os navegadores (comandantes de navios e principalmente os jangadeiros e que ainda não usam o GPS) que buscam, ao anoitecer, um azimuth, uma referência,  que pode ser o farol, e não encontram nenhuma luz  orientadora? Tudo escuro.
Abra do olho, Cardoso!
YouTube divulga trecho de filme feito por usuários do concurso Life in a Day

Deu no Comunique-se

O YouTube divulgou esta semana um trecho de um vídeo que faz parte de seu primeiro filme, feito em um concurso entre usuários. O filme será lançado no festival de Sundace, nos Estados Unidos, no dia 17/1.

A obra, intitulada Life in a Day, reúne vídeos de vários internautas que foram gravados no dia 24 de julho de 2010. Até o dia da estreia, o YouTube irá divulgar vários vídeos. Este primeiro foi filmado pelos espanhóis Toniu Xou e Marinez Patricia del Hoyoa da Espanha, e mostra uma garota que escala uma pirâmide humana na pequena cidade de San Jaumedels Domenys, na província espanhola de Tarragona.

O filme é dirigido por Kevin Macdonald, vencedor do Oscar pelo documentário Um Dia em Setembro. De acordo com ele, o longa será “como uma cápsula do tempo para ser analisada daqui a 20, 30 ou 50 anos”.

7 de jan de 2011

A vida após a morte
O  filme  Além da vida trata da vida, após a passagem dela aqui na terra, algo assim espiritualista,  e é diferente do tratamento que  filmes brasileiros dão ao tema, tais como a vida de Chico Xavier e Nosso Lar.  O filme tem a direção de Clint Eastwood (Gran Torino, A Conquista da Honra/Cartas de Iwo Jima) e estrelado por Matt Damon (trilogia 'Bourne'). O filme mostra várias histórias: Um médium norte-americano que pode falar com os mortos, uma jornalista francesa que teve uma experiência de quase-morte e um estudante inglês que perdeu o irmão gêmeo em um acidente. O  filme é centrado na vida dos três personagens e como eles lidam com o que há além da vida.
Estreia,hoje, nos cinemas:


6 de jan de 2011

Show de arte viral
A utilização do marketing viral – técnica de publicidade que explora as redes sociais –está cada vez mais sofisticada com vídeos caprichados. Esse da cerveja Heineken é show de bola.
Vejam:




Brasileiro é enganado e seu
funk foi parar em videogame

O vídeo acima é uma expansão do videogame Grande theft auto IV (GTA), jogo lançado no início do ano passado e que já faturou mais deUR$ 1 bilhão, pela poderosa indústria americana Rokstar Games. GTA IV já chegou a 17 milhões de unidades com as tramas de sadismo, com crianças atropelando velhinhas, assaltando pedestres, arrombamentos, roubos etc.
Deixando essa violência de lado, o que quero dizer é que nessa jogada toda, um pequeno brasileiro, Milton Monteiro Lourenço, foi lesado. A música de Miltinho,  8 anos, o funk Bota o dedinho pro alto é usado na extensão Ballad of Gay Tony, que já foi baixada por cerca de 200 mil jogadores.  O problema é que até hoje, Miltinho não recebeu um centavo de direito autoral.
Segundo a revista Época desta semana, em junho de 2008, o pai de Miltinho, Hamilton,  levou o menino para gravar a faixa no estúdio do DJ Amazing Clay, que seu amigo,  na Zona Norte do Rio de Janeiro. A música é uma letra infantil, que ensina às crianças os nomes dos dedos: pai de todos, fura bolo etc. Clay gostou da música e mostrou ao DJ alemão Daniel Haaksman, que costumava garimpar funks cariocas e levar para a Europa. Só que depois de toda conversa, gravação de clip, o alemão desapareceu do Rio de Janeiro.  O DJ apresentou à Rockstar Games uma assinatura falsificada de  Hamilton, autorizando a venda da música.
Tempos depois, Hamilton acabou achando, por acaso, o clip de Miltinho, no You Tube, e ficou surpreso com a quantidade de acessos, e descobriu também que Bota o dedinho pro alto estava tocando em boates europeias e tinha entrado na trilha sonora do GTA.
Resumindo: o pai de Miltinho entrou com uma ação cobrando uma indenização de 215.000 euros pelo fato de assinatura que a Rockstar apresentou nos documentos ser falsa.
Escutem a interpretação original de Miltinho:

Deu no Éramos 6

RONALDO PROCESSA “THE SUN”: PANDA SIM, BALEIA NUNCA...
The Sun, revela foto de Ronaldo curtindo férias de fim de ano no Caribe. Os caras pegaram pesado chamando o Ronalduxo literalmente de Baleia. Muita sacanagem, qualquer um pode ver que não deixava de ser um treino intensivo. ESQUENTA NÃO PO.!

5 de jan de 2011

Algo raro no basquete
O jogador de basquete Kamil Gawrzydek conseguiu um feito raro no esporte. Ele cobrou um lance livre para a sua equipe, o time da Universidade do Estado de Utah, e a bola ficou parada em cima do aro. Especialistas acreditam que o centro da bola caiu exatamente sobre o meio da superfície do aro. Após alguns instantes, a bola perdeu o "equilíbrio" e para a felicidade de Gawrzydek, caiu  dentro da cesta. (Fonte: revista Época)
Vejam o feito:
Ferrim: pior do que está, fica
No último jogo de 2010, o Ferroviário não passou do empate, 1X1, contra o Baraúnas

O Ferrim, Ferroviário Atlético Clube, clube do futebol cearense do qual sou torcedor desde menino, parece que não tem jeito.  Além de perder todas as competições, nos últimos dez anos, e sem lograr classificação para o Campeonato Brasileiro, a partir da Série D, já começa 2011 pior do que nos anos anteriores. A estreia do time, conhecido como “Tubarão da Barra”, brevemente contra o Crato, está ameaçada porque todos os jogadores não estão com a situação regularizada diante da Federação Cearense de Futebol. E mais: a diretoria ainda não pagou a taxa de alvará de funcionamento (R$ 300,00) junto à mesma FCF. Fonte: radialista Sérgio Ponte da rádio O povo). E para completar a desgraça do time, o zagueiro Bruno Pimenta e o volante Diego Ricardo, que estavam no grupo principal de atletas do Ferroviário, viajaram, recentemente para a Inglaterra para passar por período de avaliação conforme acordo realizado entre os atletas, clube e seus respectivos procuradores antes mesmo da vinda deles para o Tubarão da Barra. 
Segundo o site do Ferroviário, "o acordo diz que os atletas fariam parte do elenco coral, mas se aparecesse alguma proposta de clube do exterior, o Ferroviário liberaria os jogadores e receberia uma compensação financeira por esse ato. A ida destes citados jogadores à Inglaterra não terá custos nenhum ao Ferroviário Atlético Clube, que agora aguarda, conforme acordo citado, sua compensação financeira caso aconteça à aprovação dos atletas no futebol inglês. Se não houver aprovação dos mesmos, os dois retornam ao grupo de jogadores do Ferrão  para as disputas do Estadual 2011".
Agora, caros internautas pensem no seguinte: qual a motivação profissional que esses dois atletas (Bruno Pimenta e Diego Ricardo) terão, caso voltem ao time da Barra do Ceará. Um time cheio de problemas financeiros que sequer tem dinheiro para pagar taxas funcionais. 
Contrariando Tiririca, o deputado federal mais votado do Brasil, no Ferroviário, pior do que está, fica.

A Polícia chega... o bandido vem... e pimba!


CINE SINGULAR –O  curta de hoje

O Anão que Virou Gigante

Sinopse
A improvável - todavia autêntica - história do anão que virou gigante.
Gênero: Animação
 Diretor :Marão
 Ano :2008
 Local de Produção: RJ
 Ficha: Técnica
 Produção: Marão Filmes e MinC
 Fotografia: Marão
 Roteiro: Marão
 Edição: Ana Luiza Pereira
Direção de Arte :Rosaria Moreira
 Animação: Marão
Finalização :Alessandro Monnerat
Montagem: Alessandro Monnerat
Música: Pedro Iuá e Leonardo Mendes
Cenários: Marão   
  Prêmios
 3º Lugar no Anima Mundi 2010
Prêmio Aquisição Porta Curtas no Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2009
Melhor Filme - Júri Popular no FestCine Amazônia 2009
Melhor Animação no Festival do Juri Popular 2010
Menção honrosa para roteiro no Iguacine - Festival de Cinema de Nova Iguaçu 2009
Melhor Animação no Vitória Cine Vídeo 2009
Melhor Animação 2D no AnimaSerra - Festival Nacional de Cinema de Animação de Teresópolis 2008
Melhor direção no Cine PE 2009
Melhor Filme - Júri Popular no Festival Comunicurtas 2009
Melhor Animação 2D no Festival de Cinema e Vídeo de Muriaé 2008
Melhor Roteiro no Granimado Festival Brasileiro de Animação 2008
Melhor Animação - Júri Popular no Mosca - Mostra audiovisual de Cambuquira 2009
Melhor Filme - Júri Popular no Mosca - Mostra audiovisual de Cambuquira 2009
Melhor Animação no Curta Taquary 2009
Melhor direção no Curta Taquary 2009
Melhor Roteiro no Curta Taquary 2009
Melhor Animação Brasileira no Mumia - Mostra Udigrudi Mundial de Animação 2009   
 Festivais
 Brazilian Film Festival of Vancouver 2009
Cine Ceará 2009
Dia Internacional da Animação 2009
Festival Internacional de Cinema Infantil 2009
Goiânia Mostra Curtas 2009
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2010
Mostra CINE BH 2009
Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis 2009
Mostra do Filme Livre 2009
Acenda Uma Vela 2010
Araribóia Cine 2009
Baixada Animada 2009
Chico - Festival de Vídeo e Cinema de Palmas 2008
Cinefantasy - Festival de Cinema Fantástico 2009
Cineport 2009
CineSul 2009
Curta Santos 2009
Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2009
Festival Brasil Noar 2009
Festival de Vídeo de Teresina 2008
Festival Locomotiva 2009
Festival Maranhão na Tela 2009
Indielisboa 2010
Message to Man International Film Festival 2009
Mostra Miragem 2008
Vídeo Festival São Carlos 2008
Anima Noronha 2009
Curta nas Praças 2010
Festival Entre Santos de Trancoso 2009
III Prêmio Itamaraty no Festival Internacional de Cinema de Brasília 2008
Mostra de Cinema Ambiental‏ 2009
Vale Curtas 2008



 A Charge do dia: Néo Correa

4 de jan de 2011

Choque de Robinho
contra câmera de televisão

O lance mais visto na televisão italiana, não foram os gols no jogo Milan 2 X 1 Al Ahli, e sim o choque do craque brasileira Robinho contra uma câmera de televisão, posicionada na lateral do campo . A colisão provocou um corte profundo no joelho direito do jogador do Milan e que levou 10 pontos. O craque já está em recuperação e deverá voltar a jogar na próxima quinta-feira, segundo o técnico da equipe, Massimiliano Allegri.

Durante link ao vivo,
repórter derruba
cinegrafista

Deu no Comunique-se

O telejornal vespertino da emissora Cuatro, da Espanha, exibia no último fim de semana um link com a repórter Lidia Camóm direto de um parque coberto por neve na capital Madri. A pauta da jornalista era mostrar como crianças e adultos divertiam-se em meio à temperatura negativa de 4° graus. Para exemplificar uma atividade de inverno, a repórter resolveu aventurar-se numa descida de trenó.
Entretanto, o que ninguém poderia imaginar era que, nesse passeio, o fio do microfone da jornalista, conectado à câmera, ficasse enrolado na perna da própria repórter enquanto o trenó ganhava seus primeiros quilômetros de velocidade. Assim que o cabo entre microfone e câmera esticou-se ao máximo, a queda do cinegrafista foi imediata.
Confira o vídeo:

</div>

O eclipse "Lula" no Portal Terra
O nome do ex-presidente Lula vai demorar muito tempo para sair da memória dos brasileiros e que o diga os redatores do Portal Terra. Hoje, terça-feira, às 7h10min, estava lá na primeira página uma notícia sobre o primeiro eclipse da Lua. 

Vejam a foto e como estava escrito a legenda:

FRANÇA: Lula cobre o sol e muda paisagem no 1º eclipse de 2011
Em tempo: Cinco minutos depois (após verificarem a "barrigada") o texto foi consertado. 

3 de jan de 2011














Cantor cearense brochou ou não
diante de Ava Gardner ?

Ontem, domingo, folheando as informações do CD Discoteca Brasileira do Século XX, e especialmente aquele que focaliza a movimentação artístico-musical dos anos 50 do século passado, descobri um detalhe curioso envolvendo  o cantor cearense Carlos Augusto e a famosíssima estrela do cinema Ava Gardner. Em 1954, a diva de Hollywood esteve no Brasil para lançar o filme  Condessa Descalça e causou o  maior frenesi, deixando os homens enloquecidos.  No citado CD da MPB, o cantor romântico primeiro é citado como intérprete de músicas da dupla Cascata & Leonel Azevedo, e depois veio a parte curiosa que é  aquela que assinala que "ele gravou depois de matar de inveja a nação por ter namorado Ava Gardner”. Fiquei interessado pelo assunto, além do mais envolvia um conterrâneo, e fui em busca de mais informações.
Localizei um artigo do jornalista Sérgio Augusto que contou mais detalhe sobre o affair  entre os dois. Conta o jornalista que "Carlos Augusto, descoberto por Ary Barroso,  não demorou muito para chegar ao estrelato. Passou pelas mãos de Almirante, Paulo Gracindo, selando seu sucesso ao lado de Emilinha Borba em 'tourné' pelo norte do país. Na época em que, no Copacabana Palace, ele era o 'crooner' da orquestra do maestro Copinha, e chegou a ter um caso amoroso com a atriz Ava Gardener. Segundo reza a lenda, nosso cantor 'negou fogo'. Talvez achando que ela fosse muita areia para o seu caminhãozinho. E não era para menos, a mulher era o bicho! Linda e super desejada. Tava todo mundo querendo... hehehe"...
E continua Sérgio Augusto: “Quando aludi a esse detalhe, num perfil da atriz para a Folha de S.Paulo, já lá se vão mais de dez anos, o jornalista Henrique Veltman tomou, por carta, a defesa da virilidade do antigo crooner do maestro Copinha. ‘Carlos Augusto não negou fogo’, afirmou, peremptoriamente, o ex-repórter da revista Radiolândia, que como tal teria sido testemunha ocular de (quase) toda a história. Sem ter mais a quem consultar (as demais testemunhas a meu alcance haviam morrido, a começar pelo cantor), acatei a versão de Veltman, segundo a qual Ava primeiro se hospedou no Copacabana Palace, onde teria se apaixonado, instantaneamente, pelo cantor. Em seguida, biritada até os tampos, teria quebrado móveis e utensílios, sendo imediatamente expulsa do hotel. Com a ajuda de Veltman e Carlos Augusto, levou suas malas para o Glória.
Na versão do antigo repórter da Radiolândia, o cantor não negou fogo, mas, apavorado com as ameaças de uma suposta "gangue de Ava", que jurou castrá-lo caso desse com a língua nos dentes, sempre desconversava quando lhe perguntavam sobre o seu tête-à-tête com a atriz. Daí a lenda da pifada. Lenda ou não, mesmo antes de ver O Homem que Matou o Facínora, já fechara com ela. Até para o bem do cantor. Não queria que a posteridade o guardasse como um varão insensível, que se comportara com Ava como se ela fosse uma mulher como qualquer outra. Todo homem decente tinha a obrigação moral de encolher diante de Ava Gardner. Pelo menos no primeiro encontro".

Vejam um tributo à diva do Cinema:


As sombrinhas na lagoa do Papicu

Embora não seja fotógrafo profissional, sempre gostei de fotografia e aprendi muito com excelentes companheiros com os quais trabalhei, fazendo reportagens ou editando matérias nos jornais por onde passei. Aprecio, por exemplo, ver fotos de sombrinhas, pela multiplicidade de cores numa mesma imagem. E na manhã desta segunda-feira, finalmente consegui fazer a foto que há tempos desejava clicar: passando pela lagoa do Papicu (ambiente onde já assinalei vários assuntos) fotografei a policromia acima.  

2 de jan de 2011



Vai ser ruim assim lá na "caixa prego", ou melhor na Grécia.