7 de mai de 2011



Bombou na web
nesta semana
 “Helicóptero parado no ar de Abbottabad à 1 da manhã (uma raridade)”, afirmou pelo Twitter o paquistanês Sohaib Athar, conhecido como @ReallyVirtual. “Sai logo, helicóptero, antes que pegue meu mata-moscas gigante!” O registro bem-humorado do que Athar viu da janela de sua casa foi, na verdade, a primeira publicação sobre a operação militar que culminou na morte do terrorista Osama Bin Laden. Logo depois da piada, Athar escuta um forte estrondo e publica novo tweet. “Espero que não seja o início de algo feio”, afirma.

2. A notícia do que havia ocorrido na vizinhança de Athar foi dada ao mundo pelo presidente americano, Barack Obama, em comunicado ao vivo. O vídeo com o discurso que anunciou a morte de Bin Laden teve mais de 4 milhões de acessos em menos de dois dias.

Na TV, a notícia de última hora pegou de surpresa os âncoras dos telejornais. Um deles, Will Thomas, do canal Fox News, confundiu Osama (o terrorista) com Obama (o presidente). “O presidente Obama está morto”, disse em tom solene. Logo depois, corrigiu-se: “Desculpem-me… Osama Bin Laden está morto”, afirmou. A gafe foi vista 1 milhão de vezes.
4. Multidões foram às ruas dos Estados Unidos para comemorar a morte do terrorista, principalmente no Marco Zero, em Nova York, onde ficavam as torres derrubadas pelos ataques de 11 de setembro de 2001. O principal vídeo das comemorações mostra dois rapazes em um poste. Um deles segura a bandeira americana e o outro estoura um espumante. O povo reunido grita como em uma noite de Réveillon e depois entoa o hino americano.


Como sempre acontece, os galhofeiros virtuais foram rápidos nas brincadeiras sobre o ocorrido. Horas depois de divulgada a foto com Obama e sua equipe de secretários acompanhando ao vivo a operação que matou Bin Laden, circulou nas redes sociais uma edição da imagem com o presidente americano segurando um controle de videogame, como se brincasse em um jogo de guerra.


Câmeras lentas com imagem em alta definição são uma febre na internet. O vídeo abaixo é prova de que, mesmo com a grande oferta, ainda é possível se surpreender. Uma dupla apelidada TheSlowMoGuys tem um canal no YouTube dedicado apenas a esse tipo de vídeo. No último, os dois tentam estourar um balão de água gigante. O processo foi documentado em 2,5 mil frames por segundo.
Fonte : revista Época

6 de mai de 2011


CINE SINGULAR – O  curta do dia
O Mundo é uma Cabeça
Sinopse
  O Manguebeat é um movimento que eclodiu no início dos anos 90 em Pernambuco. E o filme mostra essa história e a trajetória do seu principal protagonista: Chico Science.
Gênero: Documentário
 Diretores: Bidu Queiroz e Cláudio Barroso
Ano: 2004
 Local de Produção: PE
 Ficha Técnica
Fotografia Paulo Jacinto Reis (Feijão) Roteiro Cláudio Barroso e Bidu Queiroz Empresa(s) produtora(s) Beluga Produções, Truques Cinematográficos, Neander Filmes Edição de som Carlos Cox Montagem João Maria Araújo Trilha Sonora Chico Science, Otto, Nação Zumbi, Mundo Livre S/A, Mestre Ambrósio e Ortinho   
Prêmios
Os 10 Mais - Escolha do Público no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2005
Prêmio Cachaça Cinema Clube no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2005
Prêmio Unibanco de Cinema no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2005   
 Festivais
 Cine PE 2005




OSAMA EM CORDEL 

A MORTE DE BIN LADEN
NA BOCA DO POVO

Antonio Barreto (Santa Bárbara/BA)

1
O suposto assassinato
Ordenado por Obama
Aniquilando de vez
O seu ex-parceiro Osama
Caiu na boca do povo
Que este cordel proclama.
 2
Quando Obama anunciou
Tal fato no Paquistão
Peguei caneta e papel
Pra colher a opinião
Do povo de Salvador
E cordelizar, então.
 3
Sem nenhuma acanhação
Eu pude aqui registrar
Neste singelo cordel
Da cultura popular
A voz do povo, nas ruas,
Conforme vou lhe mostrar:
 4
— Esse dia 2 de maio
De 2011 o ano
Ficou marcado na história
Pois é o dia do engano:
Um Primeiro de Abril
Ao sabor do ‘americano’!
 5
— Tá pensando que Obama
É Lulinha paz e amor ?!
O gringo lá dos ‘states’
É “o cara” do terror
Além de matar Bin Laden
Planta espinho em vez de flor.
6
— Pode ser até verdade
Mas parece artimanha.
Eu creio que o assassino
Foi o tal do Homem Aranha
Ou talvez o Super-Homem
O dono dessa façanha!
 7
— Quem matou o barbudão
Foi a Mulher Maravilha
Dando viagra a Bin Laden
Numa pequenina ilha
E na hora do “bem-bom”
O cabra “apagou a pilha” !
 8
— Essa história de dizer
Que Obama é pacifista
Exemplar pai de família
Um anjinho africanista
Saiba que o Inferno é cheio
Desse tipo de artista !
 9
— Quem mata a cobra, leitor
E depois não mostra o pau
Não merece confiança
Não avança no degrau
Da justiça e do amor
Porque é um homem mau.
10
— Onde rola prepotência
Arrogância e maldade
Só devemos esperar
Desamor, leviandade:
A farsa se sobrepondo
Sempre em nome da verdade.
(...)
(Do blog do meu amigo Arievaldo Viana)
Zezé nas alturas
Segunda, num voo Fortaleza-Rio, Zezé Motta liderou um levante feminino contra um homem que, ao ouvir o anúncio de que o avião era comandado por uma mulher, fez o seguinte comentário machista:
— Vamos arriscar?!
Aí...
A querida atriz e cantora mudou de lugar e organizou com outras mulheres a bordo uma salva de palmas para a comandante, que conduziu toda a viagem com muita competência.
(Coluna do Ancelmo Goes)

5 de mai de 2011

Troca-troca de letrinhas
O que tem de coleguinhas da imprensa trocando o "S" de Osama Bin Laden por "B" de Obama, não está no gibi. Hoje, por exemplo, ouvindo a CBN, ouvi  o comentarista Merval Pereira trocar  várias vezes, sendo corrigido pelo apresentador.
 Vejam aí, o noticiário da  Record News

Queima de sombrinhas
Neste mês tem chovido muito aqui em Fortaleza, quase todos os dias. Além dos mecânicos que estão faturando uma nota por conta de veículos acidentados nos milhares de buracos na ruas e avenidas, quem anda feliz da vida são os vendedores de sombrinhas e guarda-chuva. Só um detalhe importante para aqueles que saem de casa desprevenidos e têm que comprar o protetor nas calçadas do Centro da cidade: o preço caiu vertiginosamente. Ontem, pela manha, em plena praça José de Alencar, os camelôs baixaram o preço de 15 para 5 reais.
E um deles gritava para atrair clientes: "E lá vem a chuva. Aproveitem o preço!".
Estourando balão em câmera lenta
Balões de água sempre são bons para o uso de câmera lenta com  imagem em alta definição. Tornou-se uma febre na internet. E tem vídeos excelentes, como o postado aqi. Uma dupla apelidada de The SlowMoGuys tem um canal no YouTube dedicado apenas a esse tipo de vídeo. No último, os dois tentam estourar um balão de água gigante. O processo foi documentado em 2,5 mil frames por segundo.

4 de mai de 2011

Fiat 147
Quem já possuiu um Fiat 147, como eu,  (e quando quebrava a tal da correia dentada era um deus nos acuda, pois só mecânicos especializados sabiam trocar) vai morrer de rir com esse post. 
Simplesmente sensacional!!!

3 de mai de 2011

Que tal jogar Angry Birds
com o poder da mente
Rafael Mizrahi e Anat Sambol resolveram que queriam jogar sua versão de Angry Birds para Windows sem usar as mãos. Melhor, sem nem encostar no computador: só com a mente.  Eles programaram o joguinho – sucesso no mundo inteiro – para ser controlado pelo Emotiv EPOC, uma interface cérebro-computador desenvolvida para controlar games com expressões faciais e o cérebro. [O aparelho custa US$ 300, mas Mizrahi e Sambol também usaram outros softwares. (Fonte Bombou na web)
Confira Mizrahi jogando Angry Birds sem as mãos:
A vida da princesa
Os anos Grace Kelly – princesa de Mônaco


A mostra reúne 900 objetos da princesa, entre roupas, joias, filmes e cartas.
Esses entre outros inúmeros momentos da vida de Grace poderão ser conferidos na exposição Os Anos Grace Kelly, Princesa de Mônaco, no Museu de Arte Brasileira da FAAP. Devido a parceria entre a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) e o Grimaldi Forum - Mônaco, que criou a mostra em 2007 e teve parte do acervo exposto recentemente no Victoria & Albert Museum, em Londres.
Estreia
Oito meses depois de perderem seu filho de 4 anos, Becca (Nicole Kidman) e Howie (Aaron Eckhart) estão diante de mais uma barreira nesse percurso acidentado: como agir, passada a fase mais aguda da dor? Reencontrando a felicidade (Rabbit Hole, Estados Unidos, 2010), com estreia marca para a próxima sexta-feira, é um marco decisivo nessa nova etapa da vida. O filme propõe a esmiuçar o complicado jogo de acordos, concessões e itens não negociáveis em que um casal atingido por uma perda tão destrutiva tem que se engajar.

Livro detona Mahatma Gandhi


Gandhi deixou a família, dizendo que ia se dedicar ao celibato


No fim da vida se cercou de jovens


Após se tornar celibatário, Gandhi dividiu a casa, na África do Sul, com o alemão Hermann Kallenbach

O livro Great Soul – Mahatma Gandhi and His Struggle with India (Grande Alma: Mahatma Gandhi e Sua Luta com a Índia, ainda sem versão em português)  de Joseph Lelyveld, revelam cartas pessoais  de fatos tão incômodos  que a venda do livro foi proibida no estado indiano onde Gandhi (1869- 1948)  nasceu. A nova biografia do líder da independência indiana mostra que os ideais pacifistas não eram absolutos e revela detalhes de sua obsessão em vincular sexo a violência.
Para quem ficou conhecido como um opositor do imperialismo, Gandhi foi submisso aos interesses ingleses. Conta a revista Veja desta semana, que em 1918, um ano antes de ganhar o epíteto Mahatma (“Grande Alma”), em sânscrito, Gandhi iniciou uma peregrinação por povoados rurais no distrito de Kheda, centro da Índia. A missão era árdua: recrutar vinte soldados em cada uma das 600 vilas da região para morrer pelo império inglês na I Guerra Mundial, totalizando 12.000 combatentes.
Em outro capítulo do livro, revela fatos ainda mais estarrecedores. Após a guerra contra os zulus, alegando querer se dedicar a uma vida de pobreza e meditação, Gandhi anunciou a sua mulher Kasturba, que se tornaria um celibatário. A partir de então, passou a definir o sexo como fonte de impulsos violentos do ser humano. Quatro anos depois de adotar abstinência sexual e praticamente abandonar a mulher e quatro filhos, Gandhi começou a se envolver com o arquiteto e fisiculturista alemão Hermann Kallenbach. Os dois dividiram a mesma casa até 1914. A posterior correspondência entre eles dá a entender que havia um componente romântico na amizade. Em uma das cartas a Kellenbach, Gandhi escreveu: “Seu retrato, o único, permanece no criado-mudo do meu quarto”.  Em outro trecho, o indiano declarou: “Você tomou posse do meu corpo, completamente. Isso é escravidão com vingança”. Ele também exigia que o alemão não olhasse para nenhuma mulher com segundas intenções.
Em 1946, dois anos antes de ser assassinado por um hindu, Gandhi requisitou os cuidados pessoais da bela Manu, de 17 anos, filha do seu sobrinho. A jovem era obrigada a dormir ao seu lado com o mínimo de roupa. Manu pediu para ser dispensada de servi-lo no ano seguinte. Como observa o autor, Gandhi construiu seu mito graças a uma estranha capacidade de transformar argumentos incompreensíveis em credos. Uma forma para gurus aproveitadores.        

2 de mai de 2011


Como arrasar um coração - estreia 
Uma agência de matrimônio às avessas. Esse é o tipo de negócio comandado por Alex (Romain Duris) e sua irmã. Os dois são contratados para provocar a separação entre casais apaixonados. A loucura se dá quando um homem muito rico chama os dois irmãos para pôr um fim no casamento da sua filha, mas tem uma pequena exigência: o trabalho tem de ser feito em uma semana.
Desculpe a nossa falha
Como dizia o Cid Moreira, antigamente, quando queria justificar erro acontecida no Jornal Nacional, Desculpe a Nossa Falha.
Pois não que desde sábado que estou sem sinal no telefone, sem internet.
A empresa avisou que em 24 horas o problema seria sanado. Até agora, nada.
Estou postando de uma lan house e com problemas nas postagens.
Espero que amanhã tudo seja solucionado.