2 de out de 2010

Aprendendo a pintar


Que maravilha esse casal de suecos faz pintando.

Princesa Rapunzel repaginada


Com a princesa Rapunzel totalmente repaginada, a nova animação da Disney inspirada na ganhou nome brasileiro: Enrolados! O filme é uma das histórias mais divertidas e assustadoras já contadas. O mais procurado bandido do reino, Flynn Rider, se esconde em uma misteriosa torre, e é feito de refém por Rapunzel, uma linda e esperta jovem com mágicos cabelos dourados de mais de 21 metros de comprimento.
Agora, só chega por aqui em 2011.

Passando o tempo com a banda OK Go


A banda OK Go, célebre na internet depois de criar um clipe coreografado usando esteiras ergométricas para a música “Here it goes again”, em 2006, lançou outro sucesso. O clipe da vez é para a canção “White knuckles”. Em vez de esteiras, os quatro integrantes da banda contracenam com cachorros de todas as raças e tamanhos. Como no vídeo anterior, a ação se passa sem cortes, e não foi divulgado o número de takes para fazer a complexa coreografia dar, finalmente, certo. O vídeo teve quase 3 milhões de acessos em dois dias.
(Vi no Bombou)

Charme de candidato



Jingle da campanha eleitoral, em 1955,  do mais charmoso presidente da história Brasil, Juscelino Kubitschek. 

Candidato Francisco Everaldo


Se o eleitor fosse obrigado a votar somente vendo a foto do candidato, o cidadão  Francisco Everaldo Oliveira Silva, mais conhecido como Tiririca, jamais  seria eleito.  A foto do candidato inscrito na Justiça Eleitoral nem de longe lembra a figura do mais comentado e polêmico candidato, neste pleito de 2010.


Humor sem censura? Campanha de Hélio Costa pretende processar Tom Cavalcante


Da Redação do Comunique-se



A coordenação da campanha do ex-ministro das Comunicações Hélio Costa (PMDB), candidato ao governo de Minas Gerais, anunciou que estuda uma forma para processar o humorista Tom Cavalcante por um vídeo com sátiras a Costa e a seu vice, Patrus Ananias (PT). A coligação liderada pelo peemedebista responsabiliza a campanha de outro candidato ao governo do Estado, Antonio Anastasia (PSDB), pela produção da sátira. Os tucanos negam envolvimento com o vídeo.

“Tom Cavalcante sempre vem com gracinhas. É um irresponsável e precisa ser punido. Nossos advogados estão estudando como acioná-lo na Justiça”, disse o presidente estadual do PMDB, Antônio Andrade, ao jornal O Tempo.


Anastasia afirmou não ter nenhuma ligação com a divulgação da sátira feita por Tom Cavalcante. De acordo com ele, que tenta a reeleição, o vídeo representa apenas “uma manifestação artística”.

No vídeo, Tom Cavalcante satiriza Costa (o qual chama de “Diz Costa”) e brinca com o vice na chapa do candidato, Patrus Ananias (que para o humorista ficou “Pa trás”). No final do vídeo, Tom agradece ao Superior Tribunal Federal (STF) que liberou no começo do mês a sátira aos políticos.

Veja o vídeo:

1 de out de 2010

O Analfabeto Político


"O pior analfabeto é o analfabeto político.
Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos.
Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão,
do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio
dependem das decisões políticas.
O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia
a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta,
o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista,
pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo."
Nada é impossível de Mudar
"Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo.
E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de
hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem
sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente,
de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural
nada deve parecer impossível de mudar."
Privatizado
"Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar.
É da empresa privada o seu passo em frente,
seu pão e seu salário. E agora não contente querem
privatizar o conhecimento, a sabedoria,
o pensamento, que só à humanidade pertence."

Bertolt Brecht (1898 -1956)



GILMAR

Acrílico enfeia prédio histórico


É louvável a atitude de alguns empresários em preservar a arquitetura original de prédios históricos edificados na Capital cearense, ainda mais que essa mentalidade preservacionista não seja muito cultuada na terra  alencarina. Por exemplo: na Praça do Ferreira, vários prédios já foram mutilados, inclusive a antiga Coluna da Hora foi demolida.
Mas, o que quero chamar a atenção é a atitude civilizada do proprietário de uma farmácia, na mesma Praça do Ferreira, restaurando toda a fachada do imóvel. Agora, só errou num detalhe: mandou instalar uma placa de acrílico, interferindo e comprometendo toda a beleza original do frontispício. 

Famosa artista pornô nos EUA esconde que nasceu no Ceará


Meu amigo Eisenhower, frequentador bissexto da aprazível Churrascaria Boi nos Ares, na Cidade 2.000, perto de onde moro, sempre me envia uma profusão de e-mails. Cidadão perspicaz, “o professor” mandou-me um interessante,  falando sobre a trajetória da  estrela pornô Sasha Grey, de 25 anos. A beldade foi a escolhida para a capa da edição deste mês da  Playboy americana. Uma surpresa para a maioria dos leitores daquela publicação erótica masculina, que apresenta uma mulher sem implantes de silicone nos seios nem aplicações de colagénio nos lábios. Uma morena que de celebridade não parece ter muito a não ser os inúmeros filmes de sexo explícito em que já participou.
Agora, outro detalhe importante que o “professor” pesquisou: é que provavelmente poucos sabem é que Sasha Grey não é americana, mas sim brasileira, do Ceará, ao contrário do que indica a sua biografia oficial, que a aponta como natural da Califórnia. A atriz participou na sétima temporada da série Entourage e filmou com o tão respeitado quanto controverso cineasta americano Steven Soderbergh, autor de obras como Sexo, Mentiras e Vídeo, Erin Brockovich e Traffic, para não falar nos três Ocean's Eleven.

30 de set de 2010

Debate termina em baixaria

 


O debate entre os candidatos ao governo do Ceará na TV Verdes Mares, afiliada da Rede Globo no estado, quase terminou em agressão física na madrugada desta quarta-feira (29).

Após o término do programa, o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), coordenador da campanha à reeleição de seu irmão, Cid Gomes (PSB), trocou xingamentos com Roberto Pessoa (PR), coordenador da campanha de Lúcio Alcântara (PR) ao governo e prefeito do município de Maracanaú.

O atrito se deu quando Cid foi questionado pela imprensa, logo após sair do estúdio, sobre o vídeo em que aparece com a família em viagem à Nova York. Na filmagem, divulgada semana passada, Cid aparece ao lado do irmão Ciro Gomes numa limusine e num jatinho em passeio pela cidade americana. O vídeo vem sendo amplamente explorado na televisão pela oposição, que aponta suposto uso de verba pública para custear o passeio.

Obra polêmica com urubus vivos dentro da Bienal é alvo de pichação



A 29ª Bienal de São Paulo continua provocando polêmica. A primeira foi  a exposição de pinturas nas quais o próprio artista, o pernambucano Gil Vicente, prestes a assassinar personalidades, como o presidente Lula. Agora outra polêmica :a Bandeira branca, de Nuno Ramos, com três urubus vivos expostos na 29ª Bienal de São Paulo, foi invadida por pichadores, na abertura da Bienal. Vejam o vídeo.
Segundo a assessoria de imprensa da Fundação Bienal de São Paulo, um homem cortou a rede que protege o trabalho e escrevou “liberte os urubu” (sic). Houve discussão com os seguranças e um grupo de oito pessoas – o pichador não estaria nele – foi encaminhado para a 36ª Delegacia de São Paulo, no Paraíso, região central. A rede de proteção já foi reparada e os dizeres serão limpos.
 Bandeira branca é composta por três grandes esculturas em formas geométricas, que lembram grandes túmulos. As peças são cercadas por uma tela de proteção que acompanha, de alto a baixo, a rampa e as curvas do prédio projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. No alto de cada uma delas, há poleiros que se parecem com chaminés, de onde as aves raramente saem e onde devem permanecer até 12 de dezembro.

Brasil é 1º país da América Latina a receber Google Street View

O Google usa uma foto da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro (imagem acima)

O Google lançou oficialmente nesta quinta-feira (30) no Brasil o Google Street View, serviço que disponibiliza imagens panorâmicas de ruas de cidades brasileiras. Desde 2009, a empresa vem tirando fotos de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte – esta última localidade também inclui as cidades históricas Congonhas, Mariana, Tiradentes, Diamantina, São João Del Rei e Ouro Preto. O site, que funciona junto aos serviços Google Maps e Google Earth, estará disponível a partir de hoje para 1% dos usuários; até segunda-feira (4), prometeu a empresa, 100% dos internautas brasileiros terão acesso às fotos panorâmicas. A ideia é cobrir todas as cidades-sede da Copa do Mundo até 2014.

Após a coleta, a empresa junta as fotos tiradas para criar o efeito panorâmico, de visão de 360º (uma câmera no dos carros consegue capturar as imagens estáticas em todos esses ângulos). O Google ainda conta com uma tecnologia específica para desfocar os rostos de todos os pedestres e placas de carros que foram fotografados – se por acaso alguns desses elementos forem exibidos nitidamente, o usuário pode comunicar o erro ao Google via link na própria imagem.

Para cobrir os 150 mil quilômetros de vias já fotografadas, o Google usou 30 carros modelo Fiat Stillo. A empresa ainda planeja usar o Trike, triciclos que permitem acesso a lugares restritos a veículos.

A empresa vai disponibilizar um serviço interativo no qual o usuário poderá sugerir destinos que ele queira que sejam cobertos pelo Street View. Para isso, o internauta deverá acessar o site www.exploreostreetview.com.br e clicar em “Lugares Imperdíveis”.

Polêmica
Ainda que o serviço permita que o internauta “visite” de perto pontos turísticos de outros países, o Google Street View foi alvo de polêmica pela questão da privacidade. Aliás, o serviço foi até acusado de roubar informações de redes sem fio, durante “as sessões de fotografia” dos carros do Street View.

Países como Estados Unidos, Alemanha, França e China foram afetados pela coleta “acidental” de dados privados. O Google afirmou que iria conversar com reguladores nos países afetados sobre a melhor forma de se desfazer dessas informações, que a empresa afirma nunca ter utilizado.

Outro problema relacionado ao mesmo assunto foi com o governo alemão. Eles acharam que o fato de o Google passar com um carro e tirar fotos de vários lugares poderia invadir a privacidade de pessoas que caminham pela rua ou até mostrar placas de veículos fotografados.
Vejam como funciona:

29 de set de 2010

Ela é a candidata deste blog

Candidata "Amélia"

Triste a participação de Weslian Roriz no debate da TV Globo de Brasília entre os candidatos ao governo do Distrito Federal. Os demais candidatos foram cavalheiros até demais em não ridicularizar a candidata tão despreparada. Os adversários deram uma bela lição ao marido dela, Joaquim Roriz, cassado por corrupção, que está expondo a mulher aos maiores vexames.

Abelardo Ninguém mostra projeto para corrupção

Jornal da Band dá receita de bolo em crítica à censura no Tocantins

Deu no Comunique-se 



A Band Palmas, emissora que pertence ao Grupo Bandeirantes de Comunicação, ironizou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) que decidiu na sexta-feira (24/9) impedir que 84 veículos de comunicação divulgassem informações sobre a investigação do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) que cita o candidato a reeleição do governo do Tocantins, Carlos Gaguim.

O canal está entre os veículos que estão proibidos de noticiar a investigação que menciona o governador do estado. Para expor seu descontentamento com a decisão tomada pelo desembargador Liberato Póvoa, o Notícias da Redação, da Band, passou uma receita de bolo de cenoura para os telespectadores, durante o plantão de domingo (26/9).


A receita de bolo foi lida pelo jornalista Fernando Hessel, diretor de programação e jornalismo da Band Palmas. Ele disse que "resgataram o gene do AI 5", imposto pela ditadura militar.

"Publicar receitas de culinária era uma prática obrigatória durante o regime militar no Brasil. Este passado opressor deve ser lembrando diante desta censura imposta aos veículos de comunicação", afirmou Hessel.

O diretor de jornalismo da emissora também disse que Justiça brasileira deve reconsiderar o mais rápido possível a liberdade de imprensa no Tocantins.

"Quando conseguirmos a retomada da liberdade de imprensa farei questão de comer um pedaço de Bolo de Cenoura no ar em comemoração", prometeu Hessel.

Veja o vídeo:

Tiririca bombou, de novo, no You Tube


O publicitário Pablo Peixoto, que fez o maior sucesso no You Tube com os vídeos que criou sobre a seleção brasileira na África do Sul, volta com toda criatividade. Agora com a engraçadíssima paródia Tiririca o Filio do Braziu. No vídeo, Pablo faz dublagem em cima do filme Lula, o filho do Brasil e ficou o maior barato.

A historinha da sucata (continuação)

Depois de cumprir todo o ritual burocrático exigido pela Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania de Fortaleza (AMC) para fazer uma reclamação, finalmente o “processo” começou a transitar na AMC.
Esta é uma historinha da qual sou personagem.
Para quem não está acompanhando a minha odisséia, o negócio, resumido, é o seguinte: há mais de dois anos que uma carcaça de um automóvel foi abandonada em plena Avenida Santos Dumont (na calçada entre o viaduto e a rua Valdetário Pinheiro Mota) , uma das mais movimentadas da Capital cearense. E o entulho continua lá, atrapalhando a passagem de pedestre e o pior, sendo foco de proliferação de insetos como Aedes aegypti, transmissor da dengue. A vegetação já prospera em meio às ferragens.00).
E até há poucos dias órgãos municipais ignoravam o problema.
Há um mês, para AMC, lá disseram que, inicialmente eu tinha que fazer a reclamação, no Ligue Fortaleza, para depois a AMC ser acionada, no período de dez dias. Passado o tempo de tramitação, voltei a ligar, desta feita para a Divisão de Operação e Fiscalização da AMC. Qual foi a minha surpresa, pois no setor não havia chegado nenhuma reclamação enviada pelo Ligue Fortaleza, sobre o referido trambolho.
Tive que recomeçar tudo do zero. Voltei a repetir toda a história. Desta feita para o chefe da Fiscalização Externa, o Sr. Agamenon. Ele foi muito gentil, disse que iria mandar uma equipe da AMC ao local, e que no espaço de dez dias o problema seria resolvido.
E todos os dias, eu passava pelo local, e lá estava o monstrengo, como se estivesse zombando do meu lado que pende para a cidadania.
Quando liguei, mais uma vez para o Sr. Agamenon, eu, um pouco puto com a embromação oficial fui logo ameaçando que ia botar a boca na lata e divulgar, além deste blog, em tudo que é imprensa. E ele, muito calmo, disse: “Seu Eliézer, fique calmo, pois já mandei uma equipe lá no local, notificamos a proprietária do veículo (a mesma é dona da loja em frente) e demos o prazo para a retirada do mesmo até a próxima sexta-feira (dia 1º de outubro). Caso a proprietária não faça a remoção, a AMC vai providenciar a retirada”. Aleluia!!!
Hoje (quarta-feira), pela manhã passei pelo local ... e a coisa continuava lá. É, afinal, a proprietária ainda tem prazo para retirá-la até sexta.
E ficar no aguardo e esperar que a sucata seja retirada da via pública.

28 de set de 2010

Vereador que agrediu repórter tem mandato cassado


“O julgamento na câmara é político. Se nós formos coniventes, nós vamos estar dizendo que todo mundo pode bater na cara dos outros”, afirmou. Um novo vereador deverá ser empossado nos próximos 15 dias.
O vereador Lourivaldo Rodrigues de Moraes (DEM), conhecido como "Kirrarinha", teve o mandato cassado por dar um tapa no rosto da repórter da TV Centro-Oeste, retransmissora do SBT, Márcia Pache. A agressão aconteceu em junho deste ano, mas só agora o político foi afastado por quebra de decoro parlamentar.
O momento da agressão foi registrado por um cinegrafista e chegou ao YouTube. O vídeo já teve mais de 192 mil acessos.
A decisão de cassar o mandato de Kirrarinha foi tomada pela Câmara de Vereadores de Pontes e Lacerda (MT), por seis votos a um. Segundo o presidente da câmara, Claudinei Sella (PMN), não há mais possibilidade de recurso no órgão.
“O julgamento na câmara é político. Se nós formos coniventes, nós vamos estar dizendo que todo mundo pode bater na cara dos outros”, afirmou. Um novo vereador deverá ser empossado nos próximos 15 dias.

As informações são do G1.

27 de set de 2010

Bombril faz comercial



A Bombril estreará um comercial na televisão, nesta quarta-feira (29), no qual o ator Carlos Moreno se caracteriza dos candidatos à presidência da República Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda (Psol).
Durante a propaganda, Moreno diz que "pesquisas apontam: 1001% dos brasileiros preferem Bombril". O novo anúncio, mostrando fatos jornalísticos, começou a ser veiculado no último sábado (25) nas revistas semanais.
Além dos atuais presidenciáveis, a Bombril já fez comerciais imitando outros políticos, como Itamar Franco, Celso Pitta, Fernando Henrique Cardoso, Bill Clinton e Barack Obama.






Luzes da Cidade
Pintura tridimensional
Sempre que passo em frente ao prédio de  número 3600, localizado na esquina da Av. Santos Dumont com a rua Dias da Rocha (Aldeota) me chama atenção uma pintura que ornamenta a parede externa. Algo assim com características de hiperrealismo, o trabalho artístico dá uma ilusão ótica de tridimensionalidade, tal são os efeitos nos elementos ali reproduzidos (iluminárias).Outro detalhe que observei, foi o aviso que funcionaria no local uma loja “com um novo conceito em iluminação de São Paulo para você. Breve!!!”. Só que mais recentemente, percebi uma outra placa, agora com o aviso definitivo: “Aluga”. Pensando assim, agi com a minha  Sony: antes que o prédio seja alugado e o novo inquilino apague a pintura tridimensional, eu bati fotos da tal pintura que gostei. E cá pra nós, a foto ficou um barato.


Faleceu o intérprete do Bertoldo Brecha



O personagem ficou conhecido pelo bordão "Veeeeeeenha!"


Morreu hoje (segunda-feira), às 10h05, no Rio de Janeiro, Juvemário de Oliveira Tupinambá, o Bertoldo Brecha, da Escolinha do Professor Raiumundo. O ator, de 78 anos, era portador de insuficiência cardíaca e diabetes, e estava internado desde o dia 8 de agosto no hospital São Lucas.
Bertoldo Brecha (criado em homenagem ao Dramaturgo Bertold Brecht) foi o personagem mais conhecido do humorista. Entre os bordões imortalizados pelo personagem estão o "Camarão é a mãe" e o inconfundível "Veeeeeenha!". Juvemário também foi redator humorístico de vários programas televisivos, dentre eles, o Chico Anysio Show.
Depois da Globo, o ator foi para a Escolinha do Barulho, da Record, com o mesmo personagem. Não há informações sobre o enterro do corpo do comediante, que deixa um filho, o dublador e ator Mário Tupinambá Filho.
Servilismo de um candidato


Olhem só a ficha do candidato, ex-prefeito de Nova Iguaçu e ex- presidente da UNE,  que o Lula está pedindo votos:
Ao longo de seu mandato foi denunciado pela oposição por fraudes e uso de propinas e acusado pelo Ministério Público de superfaturação em licitações, além das denúncias de "mensalinho" na Câmara de Nova Iguaçu,  Lindberg afirmou que as acusações eram armação do então candidato a prefeito Rogério Lisboa (DEM) junto com o repórter Mino Pedroso da Isto É.
Em 2008, sua ex-secretária, Lídia Cristina Esteves, declara que era obrigada a permitir que toda a folha de pessoal da prefeitura fosse rodada na Paraíba, sob o comando de Frederico Farias, irmão de Lindberg. Porém, Lindberg afirma que a ex-secretária foi exonerada em 2006 e respondia a inquérito administrativo por possíveis irregularidades. Tais denúncias fizeram com que Lindberg se tornasse o prefeito mais processado da história do município.
Em maio de 2010, sua prefeitura foi acusada de ter contratado sem licitação em março de 2005 a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec). Em liminar, Lindberg teve seus bens bloqueados pela 3a Vara Cível de Nova Iguaçu a pedido do Ministério Público, neste ano. Segundo o Ministério Público, o município dispensou a licitação porque a empresa tinha notório especialização para o trabalho de consultoria. Segundo Lindberg, não há nada de ilegal na contratação da Finatec - por isso recorreu da liminar. Ele acredita que a ação foi uma jogada política da oposição para atrapalhar sua participação nas eleições de 2010, uma vez que o processo foi instaurado logo que ele deixou a prefeitura, 5 anos depois da contratação da Finatec.

26 de set de 2010




A intimidade do casal Saramago
no filme José e Pilar

Pilar é uma mulher forte, José, um poeta. Ele tem ideias para a arte, ela as tem para a vida. O documentário José e Pilar sobre Saramago, Nobel de literatura que morreu em junho, e Pilar Del Río, sua mulher, jornalista e tradutora, tende a confirmar o ditado que afirma que por trás de um grande homem, sempre tem uma grande mulher.
O filme passou, pela primeira vez na sua versão final, ontem, no Festival do Rio. A espanhola Pilar e o diretor português Miguel Gonçalves Mendes vieram divulgá-lo e falar sobre o escritor, que foi considerado por gente como o crítico novaiorquino Harold Bloom um dos maiores do nosso tempo.

Promotor quer fazer teste de leitura e escrita com Tiririca
DE SÃO PAULO
O promotor Maurício Antonio Ribeiro Lopes, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, pediu neste sábado autorização da Justiça Eleitoral para fazer um teste de escrita e leitura com o candidato a deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, o palhaço Tiririca (PR).
"Existe uma suspeita séria de que esse homem é analfabeto. É preciso saber se ele tem condição de ser candidato", afirmou o promotor.
Lopes quer que Tiririca passe pelo exame na segunda-feira. Se a Justiça determinar, o candidato terá que fazer um ditado e uma leitura de um trecho da Constituição.
A lei eleitoral permite o voto dos analfabetos, mas proíbe a candidatura deles.
A suspeita do promotor acontece depois de reportagem da revista "Época" mostrar indícios de que Tiririca é analfabeto.
Para a revista, o humorista Ciro Botelho --que escreveu o livro "As piadas fantárdigas do Tiririca"-- afirmou que o candidato não sabe ler ou escrever. A reportagem também descreve situações em que o candidato mostra dificuldade de leitura.
O promotor contou que foi hoje ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo pessoalmente, mas não encontrou juízes para aceitar o pedido.
Quando se registrou, Tiririca apresentou uma carta afirmando que sabe ler e escrever.
CARTILHAS
O promotor também disse que vai protocolar um pedido contra um polêmico gibi distribuído pela campanha de Tiririca.
Para ele, o gibi pode ser considerado brinde porque é distribuído preferencialmente para crianças.
"Se a revista for propaganda, é uma coisa. Se ela for considerada um brinde, é outra coisa."
Na publicação, que leva na capa a sigla de seu partido, o PR, cada frase séria com ideias do candidato vem acompanhada de uma piada.
Na página que leva o texto "os idosos, que tanto trabalharam pelo Brasil, não foram esquecidos por Tiririca", o humorista aparece abraçado a um casal de velhinhos e afirma, em um balão: "Essa véia ainda dá um caldo".
FALSIDADE IDEOLÓGICA
O pedido do exame não é o primeiro que o promotor Maurício Antonio Ribeiro Lopes faz contra Tiririca.
No dia 20, ele denunciou o palhaço por falsidade ideológica, que foi recebida pela Justiça.
Em entrevista concedida à revista "Veja", o humorista afirmou que declarou ao TSE não possuir bens, pois teria colocado todo o seu patrimônio em nome de terceiros, depois de responder a processos de sua ex-mulher.
O promotor pediu a quebra dos sigilos fiscal e bancário de Tiririca, assim como cópias de processos contra ele que tramitam em segredo de Justiça no Ceará.
Pela mesma entrevista e pelo mesmo motivo, a Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo --órgão do Ministério Público Federal-- encaminhou ofício à Justiça Eleitoral no último dia 10 para adoção das medidas cabíveis contra possível crime eleitoral cometido por Tiririca.
Procuradoria
As reclamações do promotor contra Tiririca já obrigaram a Procuradoria a soltar uma nota para dizer que o slogan "pior do que está não fica" não pode ser considerado crime eleitoral.
No texto, a procuradoria lembrou que o promotor não tem atribuição de impugnar candidaturas ou tratar de propaganda irregular.
Para Lopes, a propaganda do candidato é irregular por passar mensagens subliminares. Ele também disse que Tiririca não poderia aparecer no horário eleitoral gratuito vestido de palhaço.
O promotor ainda critica o fato da Procuradoria não ter dado atenção aos seus pedidos.
Até o momento o candidato não foi encontrado para comentar o pedido do promotor.

 

Gretchen: bunda, religião, circo...e política


Em 2008, aos 30 anos de carreira, Gretchen queria largar a dança e partir para a política como candidata à prefeitura de Ilha de Itamaracá, Pernambuco. A promessa de última turnê somada à iniciação política da Rainha do Rebolado foi tema do filme Gretchen Filme Estrada. 




Gretchen Filme Estrada tem direção da jornalista Eliane Brum e Paschoal Samora e mostra a turnê de show e eleição de Gretchen pelo Brasil, com a junção da política ao espetáculo e todos os artifícios para enaltecer a figura que está em cima do palanque.

Bunda, religião, figura midiática, circo e política se apresentam como o todo de um só, um retrato do país. Após a exibição de Gretchen Filme Estrada, haverá um debate com Contardo Calligaris. O filme também será exibido no Festival do Rio de 2010, na Mostra Retratos.

Bombou na web
nesta semana

O professor e escritor Richard Dawkins, um dos principais divulgadores do ateísmo no mundo, fez sucesso na internet por conta de um inflamado discurso que proferiu em ataque ao papa Bento XVI, durante uma marcha contra a visita do pontífice à Inglaterra. As diversas versões do vídeo, inclusive com legendas em português, foram vistas quase 500 mil vezes.





Cauê Moura, um dos mais engraçados representantes da nova comunidade brasileira de “vlogueiros” (blogueiros em vídeo), fez um criativo rap em homenagem aos nerds, citando jogos eletrônicos, RPGs e até séries de TV como The Big Bang theory. Foram quase 100 mil acessos.




Um vídeo brasileiro é finalista do concurso YouTube Play, promovido pelo site YouTube e pelo museu Guggenheim. No único representante do Brasil entre os 125 pré-selecionados, pássaros pousados em fios de alta tensão são transformados em notas musicais em uma partitura. A obra, de Jarbas Agnelli, foi postada no ano passado e já foi vista 200 mil vezes.



Charge -Amarildo





Deu na Época
Vários indícios sugerem que Tiririca não sabe ler nem escrever. A Constituição proíbe candidatos analfabetos
Victor Ferreira
De acordo com a Constituição, os analfabetos são inelegíveis e, portanto, não podem se candidatar e receber votos. Por lei, os candidatos são obrigados a apresentar à Justiça Eleitoral um comprovante de escolaridade. Na ausência de comprovante, devem demonstrar capacidade de ler e escrever.
Para registrar sua candidatura a deputado federal, Tiririca apresentou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo uma declaração em que ele afirma que sabe ler e escrever. Essa declaração, segundo as normas legais, deve ser escrita de próprio punho. Mas Tiririca, de fato, sabe ler e escrever? A suspeita é que não. Vários indícios permitem levantar essa desconfiança.
O humorista Ciro Botelho, redator do programa Pânico da rádio Jovem Pan, diz que escreveu sozinho o livro As piadas fantárdigas do Tiririca em 2006. A publicação é assinada só por Tiririca. Botelho diz que escreveu com base em histórias contadas por ele. “O Tiririca não sabe ler nem escrever”, afirma.
Dois funcionários da TV Record também disseram a ÉPOCA que nos bastidores do programa humorístico Show do Tom, do qual Tiririca participa, é sabido que ele não lê nem escreve.
De acordo com Ciro Botelho, o palhaço conta com a ajuda da mulher para decorar suas falas: “A mulher fica no camarim com ele e vai falando o texto. Ele vai decorando e conta do jeito dele”.
A reportagem de ÉPOCA acompanhou Tiririca por dois dias na semana passada. Viu o candidato dar autógrafos com uma grafia bem diferente da que aparece na declaração apresentada ao TRE, com letras redondas. Aos fãs, ele assina um rabisco circular ininteligível e desenha o que seriam as letras do nome de seu personagem.
Em duas ocasiões, a reportagem deparou também com situações que demonstram que Tiririca tem, no mínimo, enorme dificuldade de leitura. No dia 21, a reportagem pediu para Tiririca ler uma mensagem de celular. Ele ficou visivelmente assustado diante do aparelho.
O constrangimento do candidato só foi desfeito quando uma assessora leu o torpedo em voz alta. Minutos antes, referindo-se às críticas feitas a sua candidatura nos jornais, Tiririca dissera: “Eu não leio nada, mas minha mulher lê para mim”.
No dia 22, ÉPOCA fez um teste com Tiririca. Durante um almoço, pediu a ele para responder a perguntas da pesquisa Ibope sobre o Congresso. As duas primeiras questões foram lidas pela reportagem e respondidas normalmente por Tiririca. Em seguida, foi apresentado ao candidato um cartão para ele ler a terceira pergunta e as alternativas de resposta.
Nesse momento, seus assessores o cercaram imediatamente. O filho de Tiririca, Éverson Silva, começou a ler a pergunta para o pai, mas a pesquisa foi interrompida pelos assessores com a alegação de que ele precisava almoçar e que a aplicação da pesquisa não fora combinada previamente. A cena pode ser vista em um vídeo no site de ÉPOCA.
Depois desse novo mal-estar, ÉPOCA tentou questioná-lo sobre sua alfabetização. Sua assessoria de imprensa não permitiu mais contatos. Ela diz que Tiririca sabe ler e escrever, mas os pedidos de um encontro com o candidato para que ele lesse um texto e encerrasse as dúvidas foram recusados. A assessoria disse que Tiririca está na reta final da campanha e ficaria “chateado por ter de provar que sabe ler”.
O que acontece com um candidato sobre o qual há dúvidas sobre sua alfabetização? “Se houver dúvidas, o juiz pode submetê-lo a um teste”, diz o advogado Fernando Neves, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo Neves, essa prova é simples e visa apenas certificar a capacidade de ler e escrever do candidato. Se o candidato não conseguir provar que é alfabetizado, a jurisprudência da Justiça Eleitoral diz que a candidatura deve ser cassada.