31 de mar de 2012

Charge: Chico Caruzo

Bombou na web nesta semana

Moldura mágica

Os amigos Ben Boutwell e Steven Alan foram ao Havaí e fizeram muitos vídeos e fotos. Seria mais um tedioso álbum de viagem se eles não fossem profissionais em edição de vídeo e imagens. Com uma moldura vazada, simularam fotos estáticas usando efeitos de vídeo.


Gêmeos doidos
Os irmãos gêmeos Diogo e Diego ficaram famosos depois de ser presos fazendo flexões de braço à beira da estrada, visivelmente alterados. Eles chegaram à delegacia simulando ataques cardíacos e fazendo piada com a repórter de TV. Nem ela aguentou sem rir.

A dança das marés
A Nasa publicou um vídeo com a simulação do movimento das marés no planeta Terra, entre junho de 2005 e dezembro de 2009. Fizeram isso com um modelo virtual da Terra, alimentado com dados reais. Além do interesse científico, o vídeo tem valor estético.



Vanderlei Rodrigo
Você conhece Vanderlei Rodrigo? Pois deveria. Pelo menos para se divertir. Ele é de meia-idade, mas se veste como o fenômeno pop Michel Teló. Para quê? Para cantar uma música sobre a internet no estilo reggaenejo universitário, mistura de reggae e sertanejo pop.
Homem versus ganso
Gansos são animais de guarda. E o vídeo ao lado foi feito para quem duvida disso. Um senhor passeia pelo parque quando um ganso começa o ataque. Tapas de um lado, beliscões do outro e muitas gargalhadas dos que veem as imagens das câmeras de segurança.

Fonte: revista Época



1º de abril - saudade do humor Tadela

30 de mar de 2012

Obra de Amarildo.... que charge

"Gonzagão" está a caminho e deverá ser lançado em abril


O novo livro da dupla Arievaldo Viana – Jô Oliveira, “O Rei do Baião – do Nordeste para o mundo - uma biografia de Luiz Gonzaga no formato cordel ilustrado, deverá ser lançado no dia 17 de abril na Bienal Brasil do Livro de Brasilia, pela editora Planeta Jovem, antecipando as comemorações de seu centenário, que ocorrerá no dia 13 de dezembro de 2012. A equipe da editora está trabalhando arduamente para que o lançamento aconteça dentro do prazo previsto e as primeiras provas gráficas já chegaram às nossas mãos. Na imagem acima, uma das propostas para a capa (ainda não é definitiva).Eis o texto da contracapa:
“ Ele nasceu em 1912. E se estivesse vivo em 2012, Luiz Gonzaga completaria 100 anos!
Existem dois nordestes brasileiros: um antes e outro depois do Rei do Baião: em vez de região nordeste, tudo se confundia e o nordeste se fundia com a região norte: “sou do norte”, “esta é comida lá do norte”.
Além de divulgar suas músicas com temas sobre o sertão, o velho Lua apresentou a cultura brasileira para os quatro cantos do país. E ritmos como xote, baião, forró e xaxado, tornaram-se conhecidos e influenciaram outros ritmos, criando novas gerações de cantores e compositores.
Em O Rei do Baião – Do Nordeste para o Mundo, o poeta cearense Arievaldo Viana “cordeliza” a vida de Luiz Gonzaga através de versos que ganham cor e sensibilidade através das gravuras do pernambucano Jô Oliveira.”

OEA abre processo para investigar caso Herzog

;
A Organização dos Estados Americanos abriu oficialmente um processo para investigar os motivos de o Brasil não punir os responsáveis pelo assassinato do jornalista Vladimir Herzog, durante a ditadura militar.

Pinturas tridimensionais

O artista japonês Riusuke Fukahori faz ilustrações em 3D, usando resina para separar as camadas. É uma pintura em profundidade, ao vivo, dando um efeito tridimensional. Incrível.

28 de mar de 2012

100 anos de vida: Santos

Filme sobre a trajetória do Santos Futebol Clube em 100 anos de vida. O centenário é narrado por grandes craques santistas como Pelé, Neymar e Ganso, além de depoimentos de jornalistas, intelectuais, músicos, torcedores entre outros.

Mano Menezes sem habilitação para dirigir

A situação de Mano Menezes não é nada boa como  técnico da seleção, com péssimos resultados e sem credibilidade diante da torcida. E para complicar a sua situação como pessoa pública ontem ele  foi parado na madrugada, no Rio de Janeiro, em uma blitz da Lei Seca e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Sem sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o treinador recebeu uma multa de R$ 957,70 e perdeu sete pontos na carteira de habilitação. O caso gerou comentários na internet, charges e até comentário da sogra do meia Kaká.
Vejam:

E os chargistas estão tirando o maior sarro:


Colunista da BBC afirma que capa sobre morte de Chico Anysio está na lista das 10 melhores da história

Anderson Scardoelli (Do Comunique-se)
O jornalista Ivan Lessa, articulista da BBC Brasil afirmou que a capa do diário carioca O Dia em homenagem póstuma ao humorista Chico Anysio entrou para a história do jornalismo. De acordo com o colunista, a edição do jornal que foi para as bancas no último sábado, 24, um dia após a morte do artista, está no ranking das dez melhores “primeiras páginas” de uma publicação impressa.
A afirmação de Lessa foi ao ar na tarde desta terça-feira, 27, no site da BBC Brasil. No texto, o jornalista avalia que Chico merecia a homenagem e que a redação do jornal foi simples, porém muito criativa, para colocar a manchete “Morreram Chico Anysio”, com diversas fotos do humorista caratecterizado pelos seus principais personagens. O colunista publicou que O Dia foi “genial”.
“Não queria deixar de assinalar que a morte de Chico Anysio deu ensejo ao que seguramente podemos colocar em uma lista com as 10 melhores primeiras páginas de nossa história jornalística, a saber, quem diria, no jornal carioca O Dia, que fez algo simples e (nesse caso a palavra cabe mesmo) genial”, afirmou Lessa. “De vez em quando, caso do Chico e do jornal, esbarramos frontalmente com a grandeza. Pena que seja em horas tristes e com tamanha escassez”, prosseguiu.
Lessa também elogiou a postura de outros veículos de comunicação que deram espaço para informar a morte de Chico - vítima de falência múltipla dos órgãos, após permanecer mais de quatro meses internado no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. De acordo com o jornalista da BBC, a imprensa nacional fez o que pôde - e mais um pouco - para destacar o triste episódio para o humor do País.
Para Ivan Lessa, capa do jornal O Dia entrou para a história
Ainda sobre a capa histórica, o blogueiro Xico Sá, da Folha de São Paulo, assim comentou:
A melhor concordância verbal dos últimos tempos. Como no poema de Mario de Andrade, Chico Anysio poderia dizer, na boa, eu sou 300, 350. Os editores de O Dia, matutino carioca, sacaram que o genial cearense tinha muitas vidas.
Comentário meu: CONCORDO!!!

27 de mar de 2012

Charge de Chico Caruzo

O livro de Huguinho

Irmão caçula do ex-senador Tasso Jereissati, o decorador Hugo Jereissati dará nome a uma bolsa de estudos na prestigiada escola de moda Parsons, de Nova York. Huguinho, como ficou conhecido, morto em 2009 em Bali, na Indonésia, era conhecido na alta sociedade, ficou famoso pelo bom gosto, pelas festas que frequentava nos anos 1970 em Nova York, ao lado de Andy Warhol e Bianca Jagger. Eles e outros amigos estão reunindo fotografias e histórias de Jereissati para o lançamento de um livro, que será editado pela Bei, de Marisa Moreira Salles.

Estreia - na próxima sexta

 O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida
Sinopse
A aventura animada conta a jornada de um rapaz que procura pela única coisa que poderá fazer com que ele conquiste a afeição da garota de seus sonhos. Para encontrá-la, ele terá que descobrir a história do Lorax, a zangada porém charmosa criatura que luta para proteger seu mundo.
 •Gênero: Animação
 •Filme: Russo
 •Tempo: 79 min.

26 de mar de 2012

História da Natureza via fotografia

O Museu de História Natural de Londres selecionou algumas das melhores imagens do seu tradicional concurso Wildlife Photographer of the Year, que existe desde 1964.

Peixes estão comendo algas e parasitas da casca e da pele de uma tartaruga, no Havaí. Este comportamento ajuda tanto a tartaruga a ficar mais limpa e saudável, como fornece refeição aos peixes.
O cadáver de uma baleia-cinzenta atraiu esta multidão inusitada no Alasca. Ursos polares costumam ser solitários e caçam sobre o mar congelado. Mas este grupo flagrado pelo fotógrafo contém vários machos, pelo menos uma fêmea e alguns filhotes.

Este elefante asiático estava tomando um banho quando o fotógrafo o flagrou. Jeff Yonover conseguiu retratar o exato momento em que a tromba do elefante funcionou como um "snorkel".

Charge-Amarildo

Brizola armado

A deputada Juliana Brizola, neta do velho trabalhista, pediu ao PDT do Rio Grande do Sul que retire da frente de sua sede, em Porto Alegre, um painel com esta foto de seu avô armado:
— O partido não deveria expor meu avô com uma arma diante de quem não tem condições de analisar o momento histórico — diz Juliana.
A foto é de 1961, quando Brizola liderava a Campanha da Legalidade, de resistência aos militares golpistas que não queriam a posse de Jango, vice-presidente eleito, após a renúncia do presidente Jânio Quadros. (Blog do Ancelmo Gois)

25 de mar de 2012

Convocação

O cineasta Silvio Tendler convoca para o ato, no próximo dia 29, contra a comemoração do golpe militar de 1º de abril de 1964.

estreia

Dirigido pelo cultuado David Cronenberg, o longa Um método perigoso uma mostra de como a relação entre Carl Jung (Michael Fassbender) e Sigmund Freud (Viggo Mortensen) faz nascer a psicanálise. Aborda a intensa e polêmica relação da dupla com a paciente Sabina Spielrein (Keira Knightley). Paciente, discípula e amante, Sabina Spielrein era uma espevitada morena de porte mignon, que teve uma relação passional entre os dois monstros sagrado  da psicanálise.  

DVD - Lançamento

Ben-Hur,um dos grandes épicos do cinema, está com nova edição em Blu-ray com um livreto de fotos e dois discos extras. Filmado em Roma, tem cenas clássicas de quadrigas no Circus Maximus, o filme venceu 11 Oscars e serviu como modelo para Gladiador e Troia.
Warner, 3 horas e 30 minutos - R$ 99,90  

Thor

Ruth de Aquino é edtitora da revista Época
Na mitologia, Thor é o deus do trovão, mestre das tempestades. Na vida como ela é, Thor é filho do homem mais rico do Brasil e de uma de nossas musas de Carnaval. Ele tem 20 anos. Na semana passada, deve ter envelhecido. Thor matou na estrada um ciclista, Wanderson Pereira dos Santos, ajudante de caminhoneiro, de 30 anos.
O filho de Eike e Luma foi acusado de homicídio culposo, sem intenção de matar. Dirigia um Mercedes SLR McLaren, placa EIK-0063, um dos carros do pai, que pode chegar a 334 quilômetros por hora. O carro, de R$ 2,3 milhões, é considerado o nono mais veloz do mundo.
Thor jura inocência. Afirma que a bicicleta de Wanderson surgiu do nada e cruzou “inadvertidamente” a BR-040, estrada entre o Rio de Janeiro e Juiz de Fora. Era noite. Diz que dirigia o Mercedes dentro da velocidade permitida naquele trecho, 110 quilômetros por hora. A versão dos advogados da vítima é diferente: Thor vinha em alta velocidade e atropelou o ciclista no acostamento.
Eike correu para o Twitter para defender o filho, que se comportou “como um cidadão honrado” e “poderia ter morrido pela imprudência” da vítima. Sem Twitter, a mãe de Wanderson também defendeu o filho. Disse que Wanderson fazia esse trajeto sempre e jamais colocaria sua própria vida e a de outros em risco.
Thor de fato agiu direito – não como os playboys já citados nesta coluna. Procurou a Polícia Rodoviária Federal. Soprou no bafômetro, não havia nenhum traço de álcool. Socorreu a vítima, em vez de fugir. Passou mal ao ver o corpo de Wanderson, com uma perna e um braço amputados. Deu assistência à família da vítima. E não se furtou a depor na delegacia. Estava acompanhado de cinco seguranças e três advogados.
Não é o primeiro contratempo na vida de Thor. Em maio do ano passado, atropelou, com um Audi, um senhor de 86 anos na Barra da Tijuca, que também estava numa bicicleta mas sobreviveu. A história foi revelada na sexta-feira, pelo colunista do Globo Ancelmo Gois. Esse senhor, cujo nome não foi divulgado, fraturou a bacia, colocou duas placas e cinco parafusos, fez fisioterapia, hidroterapia. Thor pagou todas as despesas.
No mesmo maio de 2011, a revista Quem publicou entrevista com Thor. Ele foi até seu carro estacionado em frente à casa, um BMW de R$ 770 mil. Deu a partida, pisou no acelerador e convidou a repórter a experimentar: “Está ouvindo o motor? Pisa no pedal”.
Thor acabara de comprar um Aston Martin DBS, conhecido como o carro do agente 007, avaliado em R$ 1,3 milhão, pagos de seu bolso com aplicações na Bolsa de Valores. “Trouxe de São Paulo e cheguei a 280 quilômetros na Dutra (rodovia que liga Rio e São Paulo). Gosto de sentir o carro. Não compro para ostentar a marca, mas porque sei dar valor à máquina que está ali.”
Não consigo entender por que pais ricos incentivam filhos jovens e inexperientes a dirigir máquinas incompatíveis com nossas estradas. Não estamos na Alemanha. Não temos autobahns. Nossas rodovias estão longe da segurança e excelência germânicas. Velhos, crianças, bicicletas, animais atravessam as pistas. O asfalto é ruim, há buracos e cruzamentos perigosos. Dividimos estradas mal conservadas com carros e caminhões velhos, caindo aos pedaços, que deveriam ser apreendidos. É a nossa realidade. Na estrada em que Wanderson morreu, houve 488 atropelamentos em cinco anos.
Sem condenar ou inocentar Thor antes do tempo, sem aderir à grita geral da luta de classes no trânsito, pode-se dizer sem erro que essa tragédia foi uma crônica anunciada, como tantas. Ainda não sabemos o que aconteceu, mas o banco dos réus está lotado.
No Brasil, os pais são condescendentes demais com as infrações dos filhos. Eike disse: “Atire a primeira pedra o motorista que nunca tomou uma multa por excesso de velocidade”. Ora, Thor já tem 40 pontos na carteira. E 11 pontos de outras infrações devem bater em breve. O advogado alega que Thor não sabia e que “outros podem ter cometido as infrações no lugar dele”. Difícil engolir.
Se o Detran leva séculos para suspender um motorista, os pais não deveriam deixar o filho dirigir até regularizar sua situação. Alguém faz isso? Eu faço com meu filho. Enquanto o Detran não cassar sua carteira e obrigá-lo a passar por uma reciclagem, ele não vai dirigir – pelo menos com meu consentimento.
Há outros réus no banco. Governos contribuem com o mau estado e a má sinalização das rodovias. E com a falta de passarelas para pedestres e ciclistas. Motoristas, motociclistas e ciclistas colaboram com a irresponsabilidade. E a Justiça arremata com a impunidade. Ninguém fica preso no Brasil por matar em atropelamento. Ninguém, rico ou pobre. Em nenhuma circunstância.