20 de fev de 2010



Quando a maconha é remédio

Não menos verdes são os moradores da pequena cidade de Cruzeta, no Rio Grande do Norte. Só que esses cometiam um crime sem saber. Vários moradores da cidade cultivavam pequenas plantações de maconha – conhecida ali como liamba, “boa para dor de dente, dor de ouvido, febre, dor de cabeça, soluço…”. Tinha pé de maconha até na praça da cidade.

19 de fev de 2010

Esse aí não nega que traz no sangue a molecagem cearense

Cearense dá show na
patinação artística



Corre a lenda que existe cearense nos quatro cantos do mundo. Pois não é que foi localizado mais um. Desta vez, na patinação dos Jogos Olímpicos de Vancouver 2010, no Canadá. O nome da “fera” é Florent Amodio, naturalizado francês, nascido no município cearense de Sobral. O atleta levantou o público com sua bela apresentação e conquistou o 12º lugar.
Embora fale muito pouco o idioma Português, o patinador conhece a música brasileira, principalmente o samba e o nosso forró. Segundo o portal Terra, Amodio nasceu em maio de 1990, e foi adotado ainda criança. Ele começou a patinar aos 4 anos, mas, com 12 anos, adoeceu e precisou interromper a carreira, voltando às provas em 2004.
No ano seguinte, o patinador representou pela primeira vez a França em um torneio internacional. Amodio conseguiu a classificação para os Jogos de Vancouver graças ao título do French Masters na temporada 2009/2010."É uma mistura do gingado francês, americano e brasileiro. Eu gosto de pop, às vezes danço sozinho no meu quarto. Gosto do show. É muito importante para mim fazer um show para as pessoas. Acho isso louco (torcida brasileira). Obrigado por me apoiarem. Espero que tenham gostado da minha performance. Eu amo o Brasil. Muito obrigado", afirmou Amodio.
Vejam a perfomance do cearense :



Golfinhos surfistas
O fotógrafo e diretor americano Greg Huglin acaba de lançar o filme Golfinhos Surfistas, que mostra imagens desses animais pegando ondas na África do Sul. O filme é fruto de um trabalho de seis anos do fotógrafo de 57 anos. Durante esse período, ele dedicou três meses ao ano para filmar e fotografar os animais.Em entrevista ao diário britânico The Times, Huglin comentou que descobriu o inusitado grupo de surfistas quando estava na África do Sul filmando tubarões brancos.Segundo ele, é possível flagrar os golfinhos em ação a qualquer hora do dia. Huglin não sabe explicar a razão que leva os animais a surfarem desta forma, mas ele diz ter certeza de que eles se divertem fazendo isso.

18 de fev de 2010

Arruda, o filme









Fotos incríveis
O fotógrafo inglês Nick Brandt começou a fotografar na África em 2000 e desde então tem feito diversas exposições com seu belíssimo trabalho. Reparem a harmonia que ele consegue produzir entre os animais fotografados e a natureza. Se vocês querem ver mais fotos de Nick Brandt vejam o seu portfólio completo, tem fotos incríveis.




O Lobisomem
A narrativa gótica está de volta às telas dos cinemas com a refilmagem do clássico original (de 1941) O Lobisomem. Para quem gosta de histórias de terror e se arrepia com o uivo do lobisomem em noite de lua cheia, o filme de Joe Johnston é um prato de igual tamanho. Na história, Del Toro faz o papel de Lawrence Talbot, um homem que retorna da América para sua terra ancestral e no caminho é mordido por um lobisomem. Talbot começa sua assustadora transformação sob a lua cheia.

O ciúme é uma rosa

No tríduo momino recém acabado, continuei a ler Leite Derramado ( um monólogo de um homem velho, no leito de um hospital, dirigido à filha, às enfermeiras e a quem quiser ouvir), considerado pela crítica como uma das obras-primas de Chico Buarque de Holanda. Lá na página 61 encontrei uma preciosidade dita pelo personagem principal para definir o que vem a ser ciúme e como o sentimento deve ser externado:“Com o tempo aprendi que o ciúme é um sentimento para proclamar de peito aberto, no instante mesmo de sua origem. Porque ao nascer, ele é realmente um sentimento cortês, deve ser logo oferecido à mulher como uma rosa. Senão, no instante seguinte ele se fecha em repolho, e dentro dele todo o mal fermenta. O ciúme é então a espécie mais introvertida das invejas, e mordendo-se todo, põe nos outros a culpa da sua feiura”.

16 de fev de 2010



Manhã de Carnaval
É de arrepiar a interpretação dos três maiores tenores do mundo (Plácido Domingo, Luciano Pavorotti e José Carreras) da música Manhã de Carnaval, a canção mais popular de Luiz Bonfá e Antonio Maria, gravada na trilha sonora do filme Orfeu Negro, em 1959. Esta canção se tornou tradicional nos meios de jazz estadunidense e é tocada regularmente também por muitos artistas internacionais. A canção é considerada uma das mais importantes canções no mercado do jazz brasileiro nos Estados Unidos da America, que ajudou a estabelecer o movimento da bossa nova no final da década de 1950.